XP Investimentos precifica seu IPO em US$ 27 por ação

XP Investimentos precifica seu IPO em US$ 27 por ação
XP muda modelo de comissionamento e permitirá cliente pagar taxa fixa

A XP Investimentos anunciou, nesta terça-feira (10), a precificação de seu IPO. A companhia precificou sua ação a US$ 27, fazendo com que a companhia seja avaliada em US$ 14,9 bilhões (cerca de R$ 62,5 bilhões levando em consideração o câmbio a R$ 4,20).

Baixe o relatório gratuito da SUNO sobre o IPO da XP Investimentos 

A XP Investimentos realizará seu IPO na bolsa eletrônica Nasdaq dos Estados Unidos será na quarta-feira (11). A oferta pública será primária e secundária. Isso significa que parte dos recursos levantados com a operação será dos acionistas vendedores, enquanto outra parte irá diretamente para o caixa da corretora brasileira.

Além dos sócios controladores da XP também os fundos de private equity GeneralAtlantic e Dynamo receberão os valores obtidos com a abertura de capital.

Com um valor de mercado de R$ 62,5 bilhões, a XP se inicia como uma empresa listada a um valuation superior a 7 vezes de seu valor patrimonial (levando em consideração um valor contábil de R$ 8,64 bilhões no final de 2019).

Leia mais: XP Investimentos protocola prospecto de IPO na Nasdaq

O analista da SUNO Research, Alberto Amparo, explica que: “No preço tem muito crescimento embutido, ou seja, para valer o que está custando, ela tem que entregar bastante crescimento.”

“Na precificação de US$ 25 até tava justo. Nessa precificação, de US$ 27, ainda pode valer a pena, mas a margem de segurança cai”, completa Amparo.

Bancos coordenadores globais da operação

Além da própria XP Investimentos, os bancos coordenadores globais da operação são:

  • J.P. Morgan;
  • Goldman Sachs;
  • Morgan Stanley;
  • Itaú BBA.

Além dessas instituições financeiras, também atuarão como coordenadores:

  • Bank of America Merrill Lynch
  • Citi
  • Credit Suisse
  • UBS

Planos da XP Investimentos para os recursos gerados

Segundo a própria XP, os recursos obtidos com parcela primária da oferta serão usados para financiar o lançamento de novos serviços. Entre eles:

  • banco digital
  • pagamentos
  • seguros

Além disso, a XP Investimentos planeja utilizar parte desse montante para financiar potenciais futuras aquisições, além de atrair novos talentos, e atender as crescentes necessidades de capital de giro relacionadas à expansão do negócio. Outro objetivo da corretora é acelerar o processo de aquisição de clientes através investimentos em propaganda e marketing.

Rafael Lara

Compartilhe sua opinião