XP Inc. precifica follow-on em US$ 42,50, diz jornal

XP Inc. precifica follow-on em US$ 42,50, diz jornal
XP perde maior escritório de agentes autônomos para rival BTG

A XP Inc. (NASDAQ: XP) definiu o preço de sua oferta subsequente de ações (follow-on) em US$ 42,50 por papel. Os recursos serão direcionados à gestora General Atlantic e a holding dos sócios executivos da XP Controle, vendedores das ações. As informações foram divulgadas pelo jornal “Valor Econômico”.

Segundo o jornal, a demanda superou a oferta em 5,5 vezes, fazendo com que a definição do preço das ações se estendesse até a noite da última quarta-feira (1). Devido à alta procura pelos papéis da XP, o entendimento entre os coordenadores do follow-on era da utilização do lote suplementar. Até a publicação das informações, no entanto, a definição não havia sido divulgada, bem como o preço oficial.

Toda a demanda pelos papéis foi marcada pelo atuais investidores da companhia, que visam aumentar suas posições.

Suno One: o primeiro passo para alcançar a sua independência financeira. Acesse agora, é gratuito!

No lote de ações base, 19,5 milhões de papéis seriam alienados, movimentando US$ 830 milhões (cerca de R$ 4,41 bilhões). Caso o lote suplementar seja confirmado — contendo 2,93 milhões de ações –, a operação atingirá US$ 955 milhões (aproximadamente R$ 5,07 bilhões). A XP Controle manterá a fatia de 53,6% dos papéis com poder de voto. Os coordenadores da oferta são:

  • XP Investimentos
  • Morgan Stanley
  • Goldman Sachs
  • J.P. Morgan

A principal vendedora, General Atlantic, foi a idealizadora da oferta. Sendo assim, a controladora quis aderir à operação para fazer caixa na holding, recursos que serão utilizados posteriormente para realizar pagamentos a sócios que já saíram da empresa. Segundo o “Valor”, os sócios executivos da companhia não estão embolsando recursos para si próprios.

A gestora, no entanto, manterá uma participação na companhia, já que detêm ações atreladas à opção de compra futura sob posse do Itaú Unibanco (ITUB4).

“Após a oferta, nossos principais acionistas, XP Controle Participações S.A., ou XP Controle, ITB Holding Brasil Participações Ltda., ou Itaú, e General Atlantic (XP) Bermuda, L.P., ou GA Bermuda, vão deter 79,49% do capital, assumindo não exercer opção de subscrição para adquirir as ações do lote adicional”, informou o documento referente à operação, divulgado na última segunda-feira (29).

Veja também: XP Inc. compra fintech do ramo de antecipação de recebíveis

Na última quarta, as ações da XP Inc. encerraram o pregão na Nasdaq sendo cotadas a US$ 43,36, menos de 2% acima da possível precificação do follow-on. A empresa brasileira possui um valor de mercado de US$ 25,47 bilhões (cerca de R$ 135,44 bilhões).

Jader Lazarini

Compartilhe sua opinião