XP Inc: Após EQI, companhia perde Lifetime Investimentos para o BTG

XP Inc: Após EQI, companhia perde Lifetime Investimentos para o BTG
XP Investimentos (foto: divulgação)

A XP Inc perderá mais um agente autônomo para o BTG Pactual (BPAC11), após ver a EQI deixar a empresa há cerca de dois meses. A Lifetime Investimentos encerrará seu contrato com a XP ainda nesta segunda-feira (28), de acordo com informações do jornal “O Globo”.

lead suno imagem ilustrativa

Receba as principais notícias do mercado diariamente.

Receba Grátis conteúdo exclusivo sobre Poupança, Ações, Economia e muito mais!

Parabéns! cadastro feitocom sucesso.

lead suno background

A Lifetime Investimentos administra aproximadamente R$ 5 bilhões de 4 mil clientes. A companhia passará a fazer parte da estrutura do BTG Digital. A empresa paulista se transformará numa distribuidora de valores, tendo a instituição BTG como sócia. Entretanto, antes de receber o aval da CVM para isso, o conglomerado atuará sob o guarda-chuva do BTG.

Suno One: acesse gratuitamente eBooks, Minicursos, Artigos e Video Aulas sobre investimentos com um único cadastro. Clique para saber mais!

XP Inc também perdeu a EQI Investimentos para o BTG

A EQI Investimentos, o terceiro maior escritório de agentes autônomos da XP, fez as malas e partiu para o rival BTG Digital. As informações foram publicadas, primeiramente, pelo jornal “O Globo”, no dia 15 de julho.

O escritório de agentes autônomos EQI, com cerca de R$ 9 bilhões sob administração e quase 40 mil clientes, teve 49% de sua participação comprada pelo BTG Pactual, que irá abrigar seus serviços por seis meses em sua plataforma.

A ideia do banco de André Esteves é transformar a EQI em uma corretora independente ligada à sua plataforma digital utilizando a sua estrutura de tecnologia. Pouco antes da EQI ir para o BTG, o banco levantou R$ 2,65 bilhões em uma oferta de ações. “Essa munição tem um alvo claro: roubar participação da XP no varejo”, disse uma fonte, ligada ao setor, sobre o BTG .

À época o jornal antecipou que o escritório, que possui mais de 300 assessores de investimentos, deveria ser apenas o primeiro dos agentes autônomos da XP Inc a seguirem o mesmo caminho e tornarem-se corretora em sociedade com o BTG.

Com a palavra a XP

“A XP esclarece que a Lifetime tem R$ 2 bilhões sob custódia e não figura entre os 50 maiores escritórios vinculados a XP. Em média, após 6 meses contados do desligamento da XP, os escritórios migram apenas 11% da custódia para a nova instituição.”

Juliano Passaro

Compartilhe sua opinião