Negócios

XP cresce em valor de mercado e supera BB e Santander

0

A XP Inc (Nasdaq: XP) ultrapassou o Banco do Brasil e o Santander Brasil em valor de mercado na última semana. Na última sexta-feira (15), a corretora valia R$ 85 bilhões, aproximadamente R$ 10 bilhões a mais do que o BB. Depois da divulgação do balanço, a companhia também chegou a ultrapassar o Santander. As informações foram levantadas pelo jornal “O Estado de S. Paulo”.

A XP tem buscado, cada vez mais, tirar clientes de grandes bancos, aproveitando o momento que não é bom para estas instituições no Brasil. Os bancos temem o estouro da inadimplência por conta da crise provocada pela pandemia de coronavírus (Covid-19).

Garanta acesso gratuito à eBooks, Minicursos, Artigos e Video Aulas com um único cadastro. Clique para saber mais!

Além disso, os bancos também estão com um pé atrás em relação a uma “pauta bomba” que está no Senado com projetos que preveem diversas mudanças como o tabelamento de juros e o aumento de impostos.

A distância no valor de mercado da XP em relação a outras grandes instituições como Bradesco e Itaú, entretanto, ainda é grande. O Bradesco tem, atualmente, R$ 148 bilhões em valor de mercado e o Itaú R$ 208 bilhões.

Resultado da XP no 1T20

A XP apresentou seu resultado trimestral na última terça-feira (12). A empresa teve um lucro líquido de R$ 389 milhões no primeiro trimestre de 2020, alta de 89% em relação ao mesmo período do ano anterior e 2% ante o último trimestre de 2019.

De acordo com o relatório, o lucro líquido ajustado entre os meses de janeiro e março foi de R$ 415 milhões, equivalente a um crescimento de 147% na comparação ano a ano. O valor, entretanto, corresponde a um recuo de 1% ante o trimestre anterior.

“Nosso sólido desempenho operacional no primeiro trimestre de 2020, aliado ao importante marco de dois milhões de clientes ativos alcançados no final de março, nos dão confiança de que estamos seguindo na direção certa, mas ainda no começo de nossa jornada de longo prazo”, afirmou o CEO da XP, Guilherme Benchimol.

A receita líquida da XP atingiu a marca de R$ 1,735 bilhão, avançando 86% no primeiro trimestre ante o mesmo intervalo do ano passado. Quando comparada ao último trimestre de 2019, o crescimento foi de 3%.

Telegram Suno

Compartilhe a sua opinião

Juliano Passaro
Juliano Passaro escreve sobre política, economia e negócios para o portal da Suno Research. Antes da Suno, trabalhou no Portal da Band. É formado em jornalismo pela Universidade Presbiteriana Mackenzie.