Negócios

Vendas da Amazon avançam 21% e somam US$ 87,4 bilhões no 4T19

0

A Amazon (Nasdaq: AMZN) divulgou, nesta quinta-feira (31), seu balanço de resultados do quarto trimestre de 2019.

Entre outubro e dezembro, as vendas líquidas da Amazon avançaram 21% ante o mesmo período de 2018, para US$ 87,4 bilhões (aproximadamente R$ 370,8 bilhões). O avanço desconsidera o impacto negativo de US$ 120 milhões causado por alterações nas taxas de câmbio ao longo do trimestre.

O lucro operacional da companhia subiu para US$ 3,9 bilhões no quarto trimestre do ano passado. No ano anterior, o lucro foi de US$ 3,8 bilhões.

O lucro líquido avançou para US$ 3,3 bilhões, ou US$ 6,47 por ação, entre outubro e dezembro. O montante também é superior aos US$ 3 bilhões (US$ 6,04 por ação) reportados no quatro trimestre de 2018.

Os resultados ficaram acima da previsão do mercado. Segundo os analistas consultados pela Refinitiv, o lucro por ação da companhia norte-americana seria de aproximadamente US$ 4,03 no trimestre.

Além de divulgar os resultados do trimestre, a companhia informou suas perspectivas para este ano. A receita prevista para o primeiro trimestre de 2020 varia entre US$ 69 bilhões e US$ 73 bilhões.

Resultados da Amazon no acumulado de 2019

No acumulado de 2019, as vendas líquidas da companhia norte-americana cresceram 20% ante o mesmo período de 2018 e atingiram US$ 280,5 bilhões. Além disso, a empresa informou que o lucro operacional passou de US$ 12,4 bilhões, em 2018, para US$ 14,5 bilhões no ano passado.

O lucro líquido obtido em 2019 também foi superior ao reportado no mesmo período do ano anterior. No ano passado, a empresa obteve lucro de US$ 11,6 bilhões (US$ 23,01 por ação). Em 2018, o lucro registrado pela empresa foi de US$ 10,1 bilhões, ou seja, US$ 20,14 por ação.

Leia também: Magazine Luiza finaliza compra da Estante Virtual por R$ 31 mi

O CEO da gigante varejista norte-americana, Jeff Bezos, comentou sobre o aumento da adesão dos clientes pelo serviço pago da companhia, o Amazon Prime. Segundo o executivo, em 2019 a funcionalidade ultrapassou a casa dos 150 milhões de membros.

“A associação Prime continua melhorando para os clientes ano após ano. E os clientes estão respondendo – mais pessoas ingressaram na Prime neste ano do que nunca e agora temos mais de 150 milhões de membros Prime ao redor do mundo”, disse o presidente e fundador da Amazon.

Telegram Suno

Compartilhe a sua opinião

Giovanna Oliveira
Giovanna Oliveira escreve sobre economia e política para o portal Suno Notícias. Antes, foi repórter do portal de jornalismo da ESPM-SP e produziu conteúdo para a Corinthians TV. É estudante da ESPM.