Negócios

Varejo começou a reagir em setembro, diz presidente do Magazine Luiza

0

A presidente do conselho de administração do Magazine Luiza, Luiza Helena Trajano, afirmou nesta segunda-feira (7) que o varejo apresentou sinais de recuperação em setembro.

De acordo com Trajano, a liberação dos recursos do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) devem trazer uma reação positiva ao varejo. Além disso, segundo a executiva, a aprovação de reformas, como a tributária e a da Previdência ajudarão na recuperação do setor.

“Começamos a ver uma luz no fim do túnel. O varejo começa a ter reação”, afirmou Trajano.

A executiva falou ainda sobre o avanço do comércio virtual. Segundo ela, as empresas que desenvolvem programas de pagamento digital próprios estão crescendo de forma significativa.

“No Brasil vamos ter que competir com pagamento digital de bancos, Google, Facebook, e outros. E vai vencer quem conseguir fidelizar os clientes”, disse a presidente do CDA da gigante varejista.

Trajano comentou o rápido avanço tecnológico da China. De acordo com a executiva, a velocidade de desenvolvimento é fundamental para manter a competitividade do varejo no Brasil.

“Lá o governo deixa que criem tudo e, depois quando o negócio cresce, criam a regulamentação. O Brasil é diferente. Mas é essencial ao varejo brasileiro imprimir mais velocidade para se manter competitivo”, afirmou Trajano.

Desempenho do Magazine Luiza

Trajano afirmou que, em comparação com outras redes de varejo, a Magazine Luiza está apresentando crescimento acima da média do setor.

Para manter os bons resultados, a executiva ressaltou que a companhia pretende apostar no setor de logística.

“Montamos um diferencial logístico de oferecer a entrega em até duas horas (das compras on-line). Esse é um diferencial que com o atendimento faz diferença para o consumidor”, disse Trajano.

A presidente do conselho administrativo lembrou que a rede de varejo abriu 100 lojas no ano passado e afirmou que novas unidades serão abertas neste ano. No entanto, não especificou o número de novas lojas.

Crescimento além do varejo

Em julho, o presidente da Magazine Luiza, Frederico Trajano, afirmou em entrevista a “Exame”, que o foco da empresa é aumentar a produtividade, como foi anunciado aos investidores.

Saiba mais: Magazine Luiza quer crescer além do varejo, diz presidente da empresa

Segundo Trajano, o momento da marca é de inovação. “Chegou a hora de radicalizar nosso crescimento. Digitalizamos o Magalu e queremos digitalizar o Brasil, levando a muitos o que é privilégio de poucos”, afirmou.

Além do varejo, o executivo afirmou que o grupo quer investir em superaplicativos, que disponibilizam vários produtos e serviços na palma da mão do cliente. A inspiração vem da China. O aplicativo atual do Magazine Luiza tem 33 milhões de downloads.

Compartilhe a sua opinião

Giovanna Almeida
Giovanna Oliveira escreve sobre economia e política para o portal Suno Notícias. Antes, foi repórter do portal de jornalismo da ESPM-SP e produziu conteúdo para a Corinthians TV. É estudante da ESPM.