Vale (VALE3) diz que tem dois funcionários com coronavírus

Vale (VALE3) diz que tem dois funcionários com coronavírus
Logo da Vale (foto: divulgação)

A Vale (VALE3) comunicou que dois de seus funcionários foram diagnosticados com o novo coronavírus (covid-19). A informação foi divulgada na última sexta-feira (20) por meio de um fato relevante.

Os dois colaboradores da Vale que estão com coronavírus são de Minas Gerais e do Rio de Janeiro. A mineradora informou que os dois pacientes passam bem e estão em isolamento domiciliar.

Além disso, a companhia informou que ofereceu ajuda ao governo brasileiro para trazer insumos médicos, como respiradores mecânicos e kits de testagem da doença, da Ásia por meio de sua infraestrutura. “A operação está em andamento, com permanente contato com as autoridades de saúde do governo federal”, diz o comunicado.

Bolsa em queda livre!? Aproveita as maiores oportunidades da bolsa brasileira com nosso acesso Suno Premium.

A empresa informou ainda que desde janeiro possui um grupo de gestão de crise para minimizar os impactos da doença. A comissão está limitando o acesso de visitantes e fornecedores e planejando o fornecimento de suprimentos.

Ademais, entre as medidas que foram adotadas, a mineradora cancelou todas as viagens não-essenciais e eventos, além de implementar regime de home-office nos cargos que não exigem contato social.

“A companhia informa ainda que está em conformidade com os protocolos de saúde e segurança estabelecidos pelas autoridades e agências de cada um dos países em que opera e está monitorando o desenvolvimento da situação”, comunicou a empresa.

Vale pode suspender operações por conta do coronavírus

Em comunicado ao mercado, divulgado no dia 12 de março, a Vale anunciou que pode ter dificuldades operacionais relacionadas à força de trabalho e, dessa forma, pode até ter de suspender suas operações por conta da pandemia de coronavírus.

A empresa salientou ainda que parte de sua receita é oriunda de clientes da Ásia e da Europa, que são as regiões mais afetadas pela doença. Assim, a mineradora informou que depende “de uma extensiva cadeia de logística e de fornecedores, incluindo diversos portos, centros de distribuição e fornecedores que tem operações nas regiões afetadas”.

Ademais, a Vale informou que “em escritórios em países onde a Covid-19 tem apresentado um impacto mais severo, a Vale implementou a rotina de trabalho remoto (home office)”.

Giovanna Oliveira

Compartilhe sua opinião