União Europeia anuncia restrição de acesso para conter coronavírus

União Europeia anuncia restrição de acesso para conter coronavírus
União Europeia anuncia restrição de acesso por conta do coronavírus

A União Europeia (UE) restringirá as viagens não essenciais aos países do bloco durante 30 dias como forma de conter a epidemia de coronavírus (covid-19). O anúncio foi realizado pela presidente da Comissão Europeia, Ursula Von der Leyen, em um vídeo publicado nesta segunda-feira (16) no Twitter.

De acordo com Von der Leyen, a restrição durará 30 dias inicialmente. Entretanto, poderá ser estendida caso a epidemia de coronavírus continue se expandindo nos países da União Europeia.

A presidente da Comissão Europeia explicou ainda que a medida não se aplica aos familiares de cidadãos ou estrangeiros que residem no bloco. Além disso, médicos, enfermeiros e pessoas que transportam produtos para a UE também não estão inclusos no plano.

“Quanto menos viagens, mais podermos conter o vírus. Portanto, acabei de informar nossos parceiros do G7 que proponho para todos os chefes de Estado e governo a restrição de qualquer viagem não essencial para a União Europeia”, afirmou a presidente.

Segundo Von der Leyen, é necessário utilizar “vias rápidas” para priorizar o transporte de produtos essenciais, como alimentos e itens de emergência, como medicamentos. A medida é uma forma de garantir a continuidade econômica.

The @EU_Commission presents guidelines on border measures & proposes:

1⃣Green lanes/fast lanes giving priority to essential transport to keep the mobility sector going & ensure economic continuity

2⃣Temporary restriction on non-essential travel to the EU (30 days) pic.twitter.com/9bda9MntF0

— Ursula von der Leyen (@vonderleyen) March 16, 2020

Coronavírus nos países da União Europeia

Na última sexta-feira (13), a Organização Mundial da Saúde (OMS) informou que a Europa é o novo epicentro da pandemia de coronavírus. Atualmente, os países do bloco registram mais casos diários do que a China.

Leia também: Coronavírus: Funcionários da Linx farão home office a partir desta segunda

A Itália é o país europeu mais afetado pela doença. Até o momento, mais de 1.800 pessoas já morreram por conta do vírus em território italiano. O número de casos confirmados chegou a 25.000.

Em seguida, a Espanha é o segundo país da União Europeia mais afetado pela epidemia de coronavírus. O número de infectados no país já ultrapassou 7.700, além de 288 mortes.

Giovanna Oliveira

Compartilhe sua opinião