Uber faz aliança com BBVA e Mastercard para emitir cartões no México

Uber faz aliança com BBVA e Mastercard para emitir cartões no México
A Uber anunciou o investimento em novas medidas de segurança contra o coronavírus. (foto: divulgação)

A empresa Uber Technologies realizou uma parceria com o banco espanhol BBVA e com a companhia de serviços financeiros Mastercard para produzir um cartão de débito aos motoristas no México. A informação foi divulgada  nesta terça-feira (02) por um executivo da empresa.

No evento para anunciar o programa, o diretor geral do Uber no México, Federico Ranero, afirmou que a empresa busca a expansão dos serviços financeiros no país.

Além disso, o diretor geral ressaltou que essa é a primeira vez que a empresa oferece um cartão desse tipo fora do território norte-americano.

Funcionamento do cartão

Inicialmente, o cartão funcionará em em seis cidades mexicanas. Sendo elas, a Cidade do México, Tijuana, Monterrey, Puebla, Merida e Guadalajara. Conforme dito por Ranero, o cartão pode eventualmente ser expandido para outras regiões do México.

O diretor de open banking do BBVA, Carlos Lopez-Moctezuma, afirmou que os motoristas não pagarão nenhuma taxa para utilizar o serviço.

“O Uber já atua como uma forma de trazer as pessoas para o sistema financeiro”, ressaltou Monctezuma.

Segundo o diretor, os motoristas do aplicativo precisam criar contas em bancos para receber seus pagamentos. Assim, cerca de 35% dos motoristas do Uber no México abriram contas majoritariamente por este motivo.

Por meio da aliança com o BBVA, os motoristas poderão acessar suas contas bancárias por meio do aplicativo do Uber.

Expansão global das operações

No último mês, a equipe do Uber declarou que continua focada na expansão global de suas operações após a oferta pública inicial de ações (IPO) que ocorreu em maio.

Saiba mais: Uber está concentrado na expansão global de suas operações

Desde o IPO, o Uber registra dificuldades no mercado. As ações da empresa estão ficando abaixo da cotação conservadora adotada na operação.

Nesta terça-feira (02), as ações da companhia iniciaram o dia negociando em US$ 44,62 por volta das 9h30.

O crescimento de outros aplicativos de transporte aumentaram a concorrência entre as empresas. Assim, o Uber teve que gastar muito com descontos para os usuários e subsídios para os motoristas.

Giovanna Oliveira

Compartilhe sua opinião