Totvs (TOTS3): Conselheiros da Linx dizem que proposta feriria acordo com a Stone

Totvs (TOTS3): Conselheiros da Linx dizem que proposta feriria acordo com a Stone
Totvs (TOTS3) cancela assembleia após Linx (LINX3) escolher por Stone

A Totvs (TOTS3) foi informada que os conselheiros independentes da Linx (LINX3) não irão firmar o protocolo de incorporação com a empresa por acreditarem que a proposta feriria o acordo feito junto a Stone Participações. De acordo com a Totvs, esta decisão é “equivocada”. O comunicado da companhia sobre a atitude da Linx foi divulgado na noite da última segunda-feira (21).

lead suno imagem ilustrativa

Receba as principais notícias do mercado diariamente.

Receba Grátis conteúdo exclusivo sobre Poupança, Ações, Economia e muito mais!

Parabéns! Cadastro feito com sucesso.

Ops! Algo deu errado. Tente novamente.

lead suno background

Além disso, a Linx comunicou também que “não houve evolução relevante da análise, pelo comitê especial independente constituído pelo conselho de administração da Linx, da proposta de combinação de negócios apresentada pela Totvs”.

A Totvs enxerga que, independentemente dos motivos, o comitê está disposto a retardar, e até impedir, a apreciação de sua proposta pela assembleia de acionistas da Linx. O intuito, com isso, seria forçar esses acionistas a serem favoráveis, unicamente, a proposta da Stone.

No Suno One você aprende a fazer seu dinheiro trabalhar para você. Cadastre-se gratuitamente agora!

De acordo com a Totvs, esse posicionamento não se sustenta nem mesmo no acordo de associação celebrado entre a Linx e a Stone. Isso porque, no item 7.2 deste documento, está previsto que uma eventual recomendação de aprovação de proposta de operação concorrente pelo conselho da Linx não configura “a violação à exclusividade assumida naquele mesmo acordo”.

A proposta da Totvs já foi prorrogada até o dia 13 de outubro. Entretanto, para que ela continue válida depois desse prazo a administração da Linx tem que proporcionar o mesmo nível de acesso à informação dado à Stone na preparação dos documentos exigidos pela Comissão de Valores Mobiliários (CVM) e pela SEC para a realização de assembleias, segundo a Totvs.

A Totvs destacou que sua proposta será mantida após 13 de outubro somente se essas condições mínimas forem respeitadas.

Com informações do Estadão Conteúdo

Juliano Passaro

Compartilhe sua opinião