Finanças pessoais

Títulos do Tesouro Direto apresentam alta nesta segunda-feira

0

Os títulos indexados ao Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) do Tesouro Direto apresentam alta nas taxas de rendimento nesta segunda-feira (12), em comparação com a última sexta-feira (9).

Entre os títulos prefixados do Tesouro Direto a variação média positiva foi de 0,043 ponto percentual.

Na última sexta-feira a taxa de rendimento do Tesouro Prefixado 2022 encontrava-se em 5,91% a.a. Nesta segunda, a taxa de rendimento do título aumentou para 5,94% a.a. e o valor mínimo ficou em R$ 34,85. Além disso, o preço unitário também foi confirmado em R$ 871,43.

A rentabilidade da taxa do Tesouro Prefixado 2025 teve uma alta de 0,05 ponto percentual, chegando ao valor de 6,91% a.a. Seu valor mínimo passou de R$ 34,98 e para R$ 34,90. Além disso, o preço unitário, que se encontrava em R$ 699,75 agora está em R$ 698,18.

Saiba Mais: Tesouro Direto supera a marca de 1 milhão de investidores

Já os títulos do Tesouro Prefixado com Juros Semestrais 2029 registraram na sexta uma taxa de rendimento de 7,13% a.a. Nesta segunda, está registrado em 7,18%. Seu valor mínimo era de R$ 35,98 e caiu para R$ 35,88 enquanto seu preço unitário estava em R$ 1.199,36 agora está R$ 1.196,03.

Indexados ao IPCA

Na última sexta, a taxa de rentabilidade do Tesouro IPCA+2024 se encontrava em 2,77% a.a. e nesta segunda se encontra em 2,80% a.a. Já o seu valor mínimo diminuiu para R$ 56,37. Seu preço unitário registrou também uma queda passando de R$ 2.822,16 para R$ 2.818,53.

Saiba Mais: Tesouro Direto abre oferta pública de seu primeiro fundo

O Tesouro Selic 2025 (LFT) mantém a taxa de rendimento de 0,02 ponto percentual ao ano. Seu valor mínimo é de R$102,51 e seu preço unitário, de R$ 10.251,86.

O pregão do Tesouro Direto funciona das 9h30 às 18h, no site do Tesouro Nacional. É possível, também, realizar simulações referentes à rentabilidade de um título aqui.

Compartilhe a sua opinião

Jader Lazarini
Jader Lazarini escreve sobre mercado financeiro, política e economia para o portal de notícias da Suno Research. Anteriormente, trabalhou na Unidas. Estuda Relações Internacionais na Universidade Anhembi Morumbi.