TikTok investe 420 mi de euros em primeiro data center europeu na Irlanda

TikTok investe 420 mi de euros em primeiro data center europeu na Irlanda
O jornal "Financial Times" publicou que o TikTok deve se tornar uma empresa autônoma nos EUA para agradar a Casa Branca e evitar um banimento

A rede social chinesa TikTok, que enfrenta ameaças de proibições nos Estados Unidos e em outros países, comunicou nesta quinta-feira (6) que irá instalar seu primeiro data center europeu na Irlanda.

lead suno imagem ilustrativa

Receba as principais notícias do mercado diariamente.

Receba Grátis conteúdo exclusivo sobre Poupança, Ações, Economia e muito mais!

Parabéns! cadastro feitocom sucesso.

lead suno background

Com isso, a empresa irá expandir sua presença no país onde já possuía um centro para lidar com questões regulatórias locais. O anúncio acontece após a controladora do TikTok ByteDance informar que mantinha planos para mudar a sede do aplicativo para fora dos Estados Unidos.

A companhia investiu 420 milhões de euros do TikTok na Irlanda em meio às tensões entre os governos de Washington e Pequim. A disputa geopolítica entre as duas maiores potências econômicas do mundo se estende desde um conflito comercial, passando pelo atrito na província de Hong Kong, até a gestão da pandemia de covid-19.

Suno One: acesse gratuitamente eBooks, Minicursos, Artigos e Video Aulas sobre investimentos com um único cadastro. Clique para saber mais!

A decisão de mudança da sede da rede social chinesa, contudo, se deve às recentes acusações de que a plataforma poderia ser utilizada pelo governo chinês para espionar cidadãos e empresas norte-americanas. As alegações vêm tanto de congressistas como de membros da administração de Donald Trump, após o TikTok registrar um crescimento estrondoso nos últimos meses.

TikTok sinaliza compromisso de longo prazo com a Irlanda

Com isso, o chefe global de segurança da informação do TikTok, Roland Cloutier, sinalizou o compromisso de longo prazo da mídia social com a Irlanda.

Em janeiro, a empresa estabeleceu na capital Dublin, o “Trust and Safety Hub”, que cuida de questões de reguladores e governos na Europa, Oriente Médio e África. A rede social, então, transferiu sua supervisão de privacidade dos usuários europeus para o país em junho e comunicou que suas entidades irlandesas e britânicas irão assumir o controle do gerenciamento e proteção dos dados pessoais de seus usuários na Europa.

“A decisão do TikTok de estabelecer seu primeiro data center europeu na Irlanda é muito bem-vinda e posiciona a Irlanda como um local importante nas operações globais da empresa”, declarou o chefe da agência estatal irlandesa a cargo de atrair investimentos estrangeiros, Martin Shanahan.

Arthur Guimarães

Compartilhe sua opinião