Finanças pessoais

Tesouro Direto: o que você precisa saber sobre esse investimento

0

O Tesouro Direto é um programa do governo federal para investimento em títulos públicos.

Considerado um investimento conservador, visto que os riscos (calote) são baixos, o Tesouro Direto é uma opção de investimento em renda fixa. O valor mínimo de aplicação é R$ 30,00.

Os títulos são divididos em três categorias principais:

Os títulos com juros semestrais são identificados por NTN-F quando prefixados.

No site do Tesouro Direto é possível acompanhar as cotações dos títulos, das taxas de rentabilidade, dos preços unitários, e a cotação resgates.

Ressalta-se que:

  • valor mínimo, por sua vez, equivale a 0,1% do título. Assim, o investidor não adquire todo o título, apenas uma parcela do mesmo.
  • preço unitário corresponde ao valor de um título integral.
  • juros semestrais não são um rendimento adicional, mas uma rentabilidade adiantada.

As aplicações podem ser feitas no próprio site do Tesouro Nacional, via cadastro do usuário. Então, basta o investidor abrir uma conta em uma corretora para intermediar as transações.

O pregão do Tesouro Direto funciona das 9h30 às 18h.

Compartilhe a sua opinião

Amanda Gushiken
Amanda Sayuri Gushiken escreve sobre finanças e negócios para o portal Suno Notícias. Antes, trabalhou selecionando notícias da imprensa para clientes do mercado financeiro. Também desenvolveu pesquisa acadêmica pela Universidade Anhembi Morumbi na área de Teorias da Comunicação e é fotógrafa nas horas vagas.