Finanças pessoais

Tesouro Direto abre oferta pública de seu primeiro fundo

0

O Tesouro Nacional abriu neste mês a oferta pública de seu primeiro fundo de renda fixa.

O Exchange Traded Funds (ETF) do Tesouro Direto vai replicar uma cesta de índices com títulos públicos em referência a inflação. Os títulos são os NTN-Bs e pós-fixados indexados ao IPCA.

A expectativa é de arrecadar um valor máximo de R$ 2 bilhões por parte dos investidores. Os que possuem interesse deverão fazer a reserva de suas cotas até a última segunda de abril, dia 29. Primordialmente, é necessário abrir conta em uma corretora, como se faz com ações.

Saiba Mais: Título do Tesouro Direto tem remuneração alterada para bater poupança

De acordo com o Tesouro Direto, 70% das cotas serão destinadas a compradores de varejo, podendo ser comprada pelas corretoras. O fundo começará a ser negociado no dia 21 de maio, na bolsa de valores (B3). O mínimo a ser investido é de R$100 e sua liquidez é diária. Os saques serão disponíveis na conta um dia após a solicitação.

O ETF é uma sigla em inglês que significa fundos de índices comercializado como ações. O objetivo é replicar índices. O maior ETF brasileiro é o Fundo de Índice do Ibovespa, o BOVA 11, da gestora BlackRock. Ele é negociado pela B3 com um patrimônio líquido de R$ 6,486 bilhões.

Receba nosso relatório sobre o IPO do UBER gratuitamente!

A instituição escolhida para a gestão do ETF do Tesouro Direto foi o banco Itaú-Unibanco.

Vantagens Tributárias

O ETF não possui a incidência do Imposto sobre Operações Financeira (IOF), como o caso das aplicações tradicionais de renda fixa. Além disso, o Imposto de Renda (IR) sobre o ETF é de uma cobrança única de 15%.

Índice da Anbima

O fundo do Tesouro refletirá o IMA-B, índice da Associação Brasileira das Entidades dos Mercados Financeiro e de Capitais (Anbima).  O índice acompanha os títulos públicos referenciados em inflação.

Atualmente, o IMA-B possui 14 títulos, com duração de curto prazo, maio 2019, com médio prazo, maio 2021, e com vencimento longo, maio 2055.

Apesar de, possuir no nome renda fixa, ele poderá ter maior instabilidade dos que os demais investimentos parecidos. Entretanto, as oscilações poderão ser tanto para cima quanto para baixo, dependendo da agitação do mercado.

A taxa de administração do fundo será de 0,45% a.a. Este valor, é menor do que a dos fundos de investimento tradicionais de varejo, com taxas na casa do 1% ou acima. Contudo, um dos objetivos é estimular o mercado de capitais do Brasil.

Última cotação

Os títulos do Tesouro Nacional apresentam uma leve alta nas taxas de rendimento desta segunda-feira(15) em comparação com a última sexta-feira (12).

Saiba Mais: Tesouro Direto: confira os preços dos títulos nesta segunda-feira

A taxa do Tesouro Direto que possui o rendimento permanente é o título Tesouro Selic 2025, que mantém a taxa de 0,02 pontos porcentuais por ano. Seu valor mínimo é de R$ 100,47 e seu preço unitário, de R$10.047,84.

Compartilhe a sua opinião

Poliana Santos
Poliana Santos escreve sobre economia e política para o portal Suno Notícias. Antes, colaborou na Rádio Gazeta AM, onde era responsável pela produção do programa Bom Dia Gazeta. É estudante da Faculdade Cásper Líbero.