Tecnisa (TCSA3): acionistas recusam aumento de capital proposto pela Gafisa (GFSA3)

Tecnisa (TCSA3): acionistas recusam aumento de capital proposto pela Gafisa (GFSA3)
Os acionistas da Tecnisa (TCSA3) recusaram o aumento de capital de até R$ 500 milhões sugerido pela Gafisa (GFSA3).

Cerca de 99,7% dos acionistas da Tecnisa (TCSA3) presentes na assembleia geral extraordinária (AGE), que aconteceu nessa quinta-feira (24), recusaram o aumento de capital de até R$ 500 milhões sugerido pela Gafisa (GFSA3), segundo uma fonte informou ao jornal ‘Valor Econômico’.

lead suno imagem ilustrativa

Receba as principais notícias do mercado diariamente.

Receba Grátis conteúdo exclusivo sobre Poupança, Ações, Economia e muito mais!

Parabéns! cadastro feitocom sucesso.

lead suno background

Além disso, cerca de 99% dos participantes da assembleia geral da Tecnisa se opuseram ao aumento do limite que aciona a ferramenta de poison pill para 30%, ante 20% do total de ações.

Vale destacar que Gafisa não participou da AGE, e os acionistas da Tecnisa que participaram contam com 43,37% dos papeis da companhia.

Suno One: acesse gratuitamente eBooks, Minicursos, Artigos e Video Aulas sobre investimentos com um único cadastro. Clique para saber mais!

Gafisa  e Tecnisa  juntas não empolga mercado

A investida da Gafisa  para uma possível fusão com a Tecnisa não empolga os agentes do mercado financeiro dado os atuais termos. Nesta quinta-feira, o jornal “Valor Econômico” mostrou que a Gafisa segue tentando a aliança entre as companhias.

Para especialistas ouvidos pelo SUNO Notícias, ainda é cedo para entender quais serão os termos do negócio. De qualquer forma, tanto Gafisa quanto a Tecnisa não são estrelas do setor e, por isso, os ganhos devem ser reduzidos, apesar da opinião dos gestores da Gafisa.

“Em termos operacionais, é um pouco complexo pois são duas companhias que não são grandes referência em termos de eficiência. São companhias que vêm queimando caixa, a Gafisa fazendo aumento de capital de forma constante, então para falar que seria positivo para um ou outra é necessário entender os termos do acordo”, disse Henrique Esteter, analista da Guide.

Para o analista, caso esse acordo dê certo, a Tecnisa tende a ser mais beneficiada que a Gafisa. “Normalmente, a empresa que está sendo adquirida costuma se aproveitar mais do processo. Por exemplo, os papéis de Unidas andaram mais que Localiza por mais que, no longo prazo, ambas vão se beneficiar da integração”, disse.

Laura Moutinho

Compartilhe sua opinião