Taurus inaugura fábrica nos Estados Unidos com investimento de US$ 42 mi

Taurus inaugura fábrica nos Estados Unidos com investimento de US$ 42 mi
A Taurus (TASA4) foi impedida de participar da licitação pois o edital inclui detalhes técnicos que não constam nas armas da empresa

A Taurus Armas (TASA3; TASA4) inaugurou, nesta quinta-feira (5), uma nova fábrica e centro de operações, localizada em Bainbridge, no estado da Geórgia, nos Estados Unidos.

A nova fábrica da Taurus contou um investimento total de US$ 42 milhões (cerca de R$ 175 milhões). De acordo com a empresa, a capacidade produtiva da empresa será dobrada com a nova unidade, passando de 400 mil para 800 mil armas por ano.

Além disso, a fábrica possibilitará a criação de 300 novos postos de trabalho. A unidade ocupa uma área de 20 mil m².

A empresa informou que a transferência da sede de sua subsidiária norte-americana, antes localizada em Miami, na Florida, trará a redução de custos e melhorias operacionais, comerciais, fiscais e logísticas, com a concessão de incentivos estaduais da Geórgia. Como consequência, haverá aumento da rentabilidade da operação.

“Além de ampliarmos a presença da Taurus onde está o maior mercado consumidor do mundo, o aumento da nossa capacidade produtiva nos Estados Unidos dará maior flexibilidade para conquistarmos novos mercados e atendermos um possível aumento da demanda no mercado brasileiro”, afirmou o CEO global da empresa, Salesio Nuhs.

Joint-venture entre Taurus e Jindal

A Taurus comunicou que prorrogou por seis meses o memorando de entendimento que visa avaliar uma possibilidade de constituição de uma joint-venture na Índia. A fabricante de armamento avalia uma parceria com a Jindal Group, que é a maior fabricante de aço da Índia.

Saiba mais: Taurus e Jindal prorrogam avaliação sobre possível joint venture

Além de ser a maior em seu ramo na Índia, a Jindal está entre as dez maiores do mundo. O faturamento da empresa indiana ultrapassa os US$ 24 bilhões, com lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização (Ebitda) de US$ 5 bilhões e 200 mil funcionários no mundo inteiro.

“A continuidade nas negociações para celebração desse acordo é mais um passo importante na estratégia global da Taurus no processo de restruturação baseado em rentabilidade sustentável, qualidade e melhora dos indicadores financeiros e operacionais, além do forte investimento no desenvolvimento de novos produtos e tecnologias”, informa a empresa em seu comunicado.

Giovanna Oliveira

Compartilhe sua opinião