Negócios

Taurus anuncia aumento de capital para R$ 520,27 milhões

0

A fabricante de armas, Taurus (TASA3), anunciou, na última terça-feira (21), que o capital social da empresa foi elevado para R$ 520,27 milhões, um acréscimo de R$ 18,4 mil. A empresa confirmou a emissão de 3.685 novas ações preferenciais para isso.

De acordo com a Taurus, o objetivo da empresa com o aumento de capital é acabar com as dívidas da companhia, uma meta traçada há dois anos. A mudança no Estatuto Social da Companhia, para que o valor do capital social seja colocado, deverá ser analisada em uma assembleia.

Anúncio de novo CEO da Taurus

A Taurus informou, na última semana, que Bret Vorhees assumiu como novo CEO da subsidiária norte-americana, que abrange Taurus USA, Rossi e Heritage. O ex-diretor, David Blenker, anunciou sua aposentadoria.

Veja também: Taurus inaugura fábrica nos Estados Unidos com investimento de US$ 42 mi

Vorhees deixa sua posição de vice-presidente de vendas e marketing na armas walther, onde atuou nos últimos seis anos liderando uma equipe de vendas. A empresa de armas informou que o novo CEO tem como missão o “reposicionamento da marca nos EUA através do lançamento de novos produtos e serviços ao consumidor”.

“Vorhees desenvolveu sua carreira com foco no forte relacionamento com o mercado de armas civis nos Estados Unidos e está preparando para o novo momento da Taurus Holdings”, informou o documento.

Resultado do 3º trimestre

A Taurus informou ao mercado, em meados de novembro de 2019, que seu prejuízo líquido foi de R$ 26,4 milhões no terceiro trimestre.

Esse resultado demonstra que a empresa de armas reverteu o lucro líquido de R$ 48 milhões registrado no mesmo período de 2018. A fabricante de armas listou os fatores que a fizeram registrar prejuízo:

    • aumento das despesas financeiras líquidas em decorrência da variação positiva da moeda norte-americana em relação ao Real
    • menor lucratividade da operação em função das condições do mercado local e promoções realizadas
    • aumento das despesas operacionais da Taurus, com registro de despesas extraordinárias.

Telegram Suno

Compartilhe a sua opinião

Juliano Passaro
Juliano Passaro escreve sobre política, economia e negócios para o portal da Suno Research. Antes da Suno, trabalhou no Portal da Band. É formado em jornalismo pela Universidade Presbiteriana Mackenzie.