Negócios

Taurus Armas erra divulgação do novo ticker; entenda o caso

0

A Taurus Armas começou a operar, nesta terça-feira (12), com o código de negociação “TASA” na Bolsa de Valores de São Paulo (B3). No entanto, em um comunicado enviado ao mercado no dia 7 de novembro, a empresa informou que o novo ticker seria “TAUR”.

A mudança do código ocorreu por conta de uma exigência da B3. De acordo com a Taurus Armas, a empresa responsável pela bolsa de valores exigiu a mudança “devido a não identificação do código anterior de estar sendo utilizado por outro emissor”.

A nova alteração só foi informada ao mercado após o fechamento do pregão da última segunda-feira (11).

Dessa forma, as ações ordinárias da Taurus agora são negociadas sob o ticker TASA3. Já os papéis preferenciais levam o código de negociação TASA4.

O que motivou a alteração do ticker

A empresa informou que a mudança faz parte da alteração de sua denominação social.

Antes a companhia utilizava o nome Forjas Taurus, no entanto, não atua mais no setor de forjas. Segundo a Taurus, o objetivo é focar totalmente no setor de armas, por conta disso, o nome foi alterado para Taurus Armas.

Saiba mais: Taurus terá novos tickers de negociação a partir de terça-feira

“A Taurus S.A., vem informar aos seus acionistas e ao mercado que, em alinhamento ao processo iniciado na AGE 29 de junho de 2018, onde foi deliberada e aprovada a alteração de sua denominação social, excluindo a expressão “Forjas”, por se tratar de atividade que não mais exerce”, informou a empresa por meio de um comunicado ao mercado.

Ultima cotação da Taurus Armas

As ações preferenciais da empresa, negociadas sob o ticker TASA4, estão operando em alta de 7,59%, por volta das 16h15, desta terça-feira. Os papéis são negociados a R$ 5,10.

No mesmo horário, as ações preferenciais da Taurus Armas, que levam o código de negociação TASA3, registram alta de 7,51%, negociadas a R$ 5,01.

Compartilhe a sua opinião

Giovanna Almeida
Giovanna Oliveira escreve sobre economia e política para o portal Suno Notícias. Antes, foi repórter do portal de jornalismo da ESPM-SP e produziu conteúdo para a Corinthians TV. É estudante da ESPM.