Spotify compra 3ª empresa de podcasts em dois meses

Spotify compra 3ª empresa de podcasts em dois meses

O Spotify anunciou nesta terça-feira (26) que encaminhou a compra da produtora de podcasts Parcast.

Os termos da transação ainda não foram divulgados. Apesar disso, o Spotify anunciou que desembolsará US$ 500 milhões para aquisições de produtoras em 2019. A Parcast produz conteúdo de áudio voltado à crimes e temáticas misteriosas e já lançou 18 séries de podcasts. A transação entre as empresas deverá ser concluída no segundo semestre de 2019.

Saiba mais: Spotify deve investir US$ 200 mi para adquirir o grupo Gimlet Media

Neste ano, já foram confirmadas as aquisições da Gimlet Media, empresa de mídia digital focada na produção de podcasts narrativos e da Anchor, aplicativo que permite gravação e distribuição de podcasts. De acordo com o portal “Recode”, só a compra da Gimlet foi de mais de US$ 200 milhões e deverá ser a maior aquisição da história da marca.

Em nota, a plataforma informou que “a Parcast trará para o Spotify sua curadoria de programas altamente produzidos e suas audiências engajadas e leais”.

Saiba mais: Spotify inicia programa de recompra de suas ações

O fundador e presidente da Parcast, Max Cutler, disse que “em três anos, criamos uma casa de produção que cresceu exponencialmente e atingiu os fãs de mistério e crime real, especialmente mulheres. Temos orgulho de nos unir ao serviço de streaming de assinatura de áudio mais popular do mundo e obter acesso a uma das maiores audiências”.

Lucro do Spotify no 4º trimestre

O Spotify divulgou um lucro operacional surpreendente no quarto trimestre. Além disso, o crescimento em vendas foi alinhado ao previsto. Por outro lado, a empresa prevê um prejuízo entre 200 milhões de euros e 360 milhões euros neste ano.

Saiba mais: Spotify compra empresas de podcasts; lucro da empresa surpreende

O lucro operacional registrado pela empresa foi de 94 milhões de euros no quarto trimestre. O valor foi superior à previsão média de prejuízo que é de 16 milhões de euros, de acordo com a Reuters. O Spotify teve um crescimento de 30% em suas vendas no período. Entretanto, a previsão era um avanço de 31%.

Renan Dantas

Compartilhe sua opinião