Economia

Soja: Brasil exportará 75 milhões de toneladas em 2019/20, diz USDA

0

O escritório do Departamento de Agricultura dos EUA (USDA) no Brasil fez a previsão, na sexta-feira (5), de que o país exportará 75 milhões de toneladas de soja na safra 2019/20. O volume da safra, que está em fase de plantio, é 2,8 milhões abaixo ao previsto inicialmente pelo orgão norte-americano para o período.

Em relatório, o escritório do USDA justificou que a China comprará menos grãos de soja do que o inicialmente planejado por conta do surto de peste suína africana, que vem matando o plantel de suínos do país. O órgão norte-americano também cita a recomposição de estoques mundiais de soja como explicação que inibe as vendas brasileiras.

“Há espaço para revisão na previsão enquanto se aguarda o resultado das negociações comerciais EUA-China”, salientou no relatório.

De acordo com o escritório do USDA, os produtores brasileiros estão preocupados com a Lei Kandir, que isenta mercadorias que são destinadas à exportação de pagamentos do ICMS. A Lei pode ser revista por pressão dos Estados, que tem o objetivo de elevar suas receitas.

Já em relação à safra 2019/20, o escritório do órgão norte-americano no Brasil discorda das previsões oficiais do USDA em relação à área de produção e plantio. O escritório no Brasil objetiva a semeação de 36,5 milhões de hectares com soja na temporada.

Nos EUA, o USDA projetou que o Brasil plantará 36,9 milhões de hectares com soja. A previsão do escritório para a colheita é de 123,5 milhões de toneladas, 500 mil toneladas a menos do que a projeção do ultimo relatório do orgão norte-americano.

USDA vende soja para China

O USDA anunciou novas vendas de produtos agrícolas para a China na última quinta-feira (3). As novas vendas mostram a crescente da nação asiática no mercado dos EUA.

Foram vendidas, 252 mil toneladas de soja e 130 mil toneladas de trigo branco, ambos da safra 2019/20. As vendas foram realizadas no mesmo dia, com o volume igual ou superior a 100 mil toneladas.

Compartilhe a sua opinião

Rafael Lara
Rafael Lara cursa jornalismo na Faculdade Cásper Líbero. Escreve sobre política, economia e negócios para o portal Suno Notícias. Antes, colaborou na TV Gazeta na produção do programa Edição Extra.