Negócios

Smart Fit realizará joint ventures na América Latina

0

A rede de academias em todo o país, Smart Fit, realizará um acordo de joint venture com parceiros estratégicos não divulgados. O conselho de administração da empresa aprovou o acordo na última sexta-feira (6).

O objetivo da Smart Fit é construir join ventures na América Latina. Desse modo, a rede de academias realizará um aporte inicial de  até US$ 600 mil . As informações foram divulgadas pelo jornal “Valor Econômico”.

Ao todo, são mais de 2,2 milhões de alunos matriculados, a marca tem presença em 11 países da América Latina:

  • Brasil
  • México
  • Guatemala
  • República Dominicana
  • Chile
  • Peru
  • Argentina
  • Colômbia
  • Equador
  • Paraguai
  • Panamá.

De acordo com o CEO da empresa, Edgard Corona, o plano é se expandir o mais rápido possível

Plano de negócios da Smart Fit

Corona acredita que o diferencial do negócio da rede de academias é a consciência de que o mundo muda e cada país possuí sua cultura. “Por isso, temos que mudar o mais rápido que ele. Estar sempre um passo à frente e sempre nos transformar de forma ágil”, disse em entrevista ao site “Infomoney”.

Outro fator determinante para Smart Fit é a experiência do cliente.

“A ideia é sempre refletir sobre como melhorar a experiência. Nossa equipe de gestão é enxuta, organizada e focada nisso. Um bom atendimento ao cliente, prático e rápido, além da inovação são as bases da pirâmide. Todo dia nos perguntamos como podemos aproveitar as mudanças do mundo e nossos pilares para melhorar a experiência do cliente. Se quem usa a academia está satisfeito, indica, paga e traz mais pessoas”, informou o CEO.

Além disso, Corona comentou sobre se o plano de negócio da redes de academia tem algo que envolva a abertura de capital (IPO), Edgard não desconsidera, mas afirma ser um plano um pouco mais distante.

Confira Também: Smart Fit deve receber injeção de R$ 500 milhões da Pátria Investimentos

“[O IPO] Traz governança corporativa, mas temos bons sócios. Traz oportunidades para levantar capital, mas isso não é problema para gente em 2019”, disse o CEO da Smart Fit.

Compartilhe a sua opinião

Poliana Santos
Poliana Santos escreve sobre economia e política para o portal Suno Notícias. Antes, colaborou na Rádio Gazeta AM, onde era responsável pela produção do programa Bom Dia Gazeta. É estudante da Faculdade Cásper Líbero.