Negócios

Marinha informa que situação do navio encalhado da Vale (VALE3) é estável

0

O navio Stellar Banner da Vale (VALE3), encalhado a 100 quilômetros da costa do Maranhão desde a última segunda-feira (24) tem uma situação considerada “estável“, segundo a Marinha. Além disso, as autoridades brasileiras informaram que não há vazamento de óleo ou minério de ferro da embarcação.

Além disso, o coordenador de atendimento a emergências ecológicas Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama), Marcelo Amorim, disse, no último sábado, que apesar do estado do navio estar, por ora, sob controle, uma barreira de contenção de mais de mil metros foi instalada ao redor do navio da Vale.

Segundo a nota divulgada pela Marinha, está em fase de planejamento o ‘Plano de Destanqueio’ para retirada do combustível do navio. “Dois navios especializados em recuperação de derramamento de óleo, o ‘C-SAILOR’ e o ‘C-ATLAS’, e quatro rebocadores de apoio, contratados pela Vale, estão na área de ação”, informa o texto.

Mergulhadores também estão no local para mensurar a extensão dos danos causados na altura dos tanques de lastro na prova da embarcação.

Na manhã do último sábado, a Marinha disse que foi realizado um novo sobrevoo na área onde o navio mercante está encalhado, constando que a “situação permanece estável”.

Saiba mais: Vale (VALE3) gastará cerca de R$ 8 bi em indenizações por Brumadinho

“O Navio de Apoio Oceânico ‘Iguatemi’ permanece na área do encalhe para ações de monitoramento e prevenção, além de recolher dados e amostras de água que irão compor o inquérito administrativo sobre o acidente. Hoje à noite, o Navio Hidroceanográfico ‘Garnier Sampaio’ chegará à área para incrementar o apoio”, informa a Marinha.

O navio da Vale saiu do Terminal Marítimo de Ponta da Madeira, em São Luís, com destino à China. A embarcação encalhou com aproximadamente 275 mil toneladas de minério de ferro e quatro milhões de litros de combustível e óleo. Amorim disse que estão sendo tomadas uma série de ações para evitar um desastre ambiental caso haja vazamento.

Telegram Suno

Compartilhe a sua opinião

Jader Lazarini
Jader Lazarini escreve sobre mercado financeiro, política e economia para o portal de notícias da Suno Research. Anteriormente, trabalhou na Unidas. Estuda Relações Internacionais na Universidade Anhembi Morumbi.