Política

Sérgio Moro diz “In Fux we trust” em novo trecho vazado

0

A Rádio Bandeirantes divulgou na tarde desta quarta-feira (12) novos trechos da conversa entre Sérgio Moro e Deltan Dallagnol. As mensagens vazadas são de abril de 2016.

No trecho divulgado, Sérgio Moro e Deltan Dallagnol falam sobre a repercussão do levantamento de sigilo da conversa telefônica entre os ex-presidentes Lula e Dilma Rousseff.

Em um dos trechos, Dallagnol fala sobre uma “queda de braço” entre o atual ministro da Justiça e o juiz Teori Zavascki, relatada por Luiz Fux. Moro responde a mensagem com “in Fux we trust”.

Confira o trecho divulgado:

Áudios entre Dilma e Lula

Em 2016, Sérgio Moro retirou o sigilo de interceptações telefônicas do ex-presidente Luís Inácio Lula da Silva. Os áudios divulgados contavam com uma conversa com a então presidente Dilma Rousseff.

“Pelo teor dos diálogos degravados, constata-se que o ex-presidente já sabia ou pelo menos desconfiava de que estaria sendo interceptado pela Polícia Federal, comprometendo a espontaneidade e a credibilidade de diversos dos diálogos”, afirmou Moro.

Segundo o juiz, Lula sabia também sobre as buscas feitas pela 24ª fase da Operação Lava Jato, que ocorreu naquele mês.

Leia abaixo conversa entre Lula e Dilma:

Dilma: “Alô.”
Lula:“Alô.”
Dilma: “Lula, deixa eu te falar uma coisa.”
Lula: “Fala, querida. Ahn?”
Dilma: “Seguinte, eu tô mandando o ‘Bessias’ junto com o papel pra gente ter ele, e só usa em caso de necessidade, que é o termo de posse, tá?!”
Lula: “Uhum. Tá bom, tá bom.”
Dilma:“Só isso, você espera aí que ele tá indo aí.”
Lula: “Tá bom, eu tô aqui, fico aguardando.”
Dilma: “Tá?!”
Lula: “Tá bom.”
Dilma: “Tchau.”
Lula: “Tchau, querida.”

Colaboração entre Dallagnol e Moro

O site “The Intercept Brasil” publicou no último domingo (9) uma série de mensagens atribuídas ao ex-juiz federal e atual ministro da Justiça, Sérgio Moro, e ao procurador federal Deltan Dallagnol.

Segundo o site, essas mensagens mostrariam uma colaboração entre o Ministério Público Federal (MPF) e Sérgio Moro durante a operação Lava Jato.

Saiba mais: Mensagens mostrariam colaboração entre Dallagnol e Moro, diz site

O site teria obtido os diálogos entre Sérgio Moro e o procurador federal de uma fonte anônima. Segundo o portal, as mensagens foram trocadas por moro e procuradores da Lava Jato em grupos no aplicativo Telegram entre 2015 e 2018.

Compartilhe a sua opinião

Giovanna Almeida
Giovanna Oliveira escreve sobre economia e política para o portal Suno Notícias. Antes, foi repórter do portal de jornalismo da ESPM-SP e produziu conteúdo para a Corinthians TV. É estudante da ESPM.