Ser Educacional (SEER3) adquire Faculdade de Juazeiro do Norte por R$ 24 mi

Ser Educacional (SEER3) adquire Faculdade de Juazeiro do Norte por R$ 24 mi
Ser Educacional (foto: divulgação)

A Ser Educacional (SEER3) informou ao mercado em geral, na última sexta-feira (18), que adquiriu, através de sua subsidiária CENESUP – Centro Nacional de Ensino Superior Ltda., a totalidade do capital social do Colégio Cultural Módulo Ltda., mantenedor da Faculdade de Juazeiro do Norte – FJN, no Ceará, por R$ 24 milhões.

lead suno imagem ilustrativa

Receba as principais notícias do mercado diariamente.

Receba Grátis conteúdo exclusivo sobre Poupança, Ações, Economia e muito mais!

Parabéns! cadastro feitocom sucesso.

lead suno background

Do valor total, R$ 12 milhões serão pagos em duas parcelas, com vencimentos na data do fechamento e em 30 dias contados a partir de então. Os outros R$ 12 milhões remanescentes serão pagos em cinco parcelas anuais sucessivas, com vencimento nos cinco primeiros aniversários da data do fechamento, corrigidas pela variação do IPCA.

A instituição de ensino, comprada por um dos maiores grupos privados de educação do Brasil, está situada na cidade de Juazeiro do Norte, estado do Ceará. A Faculdade de Juazeiro do Norte registrou uma receita líquida de aproximadamente R$ 20 milhões no ano passado. Além disso, o lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização (Ebitda) ajustado foi de R$ 4,3 milhões em 2019.

Suno One: acesse gratuitamente eBooks, Minicursos, Artigos e Video Aulas sobre investimentos com um único cadastro. Clique para saber mais!

Em dezembro do ano passado, a instituição de ensino comprada pela Ser Educacional contava com 2,1 mil alunos de graduação, distribuídos nos cursos de Arquitetura e Urbanismo, Ciências Contábeis, Direito, Enfermagem, Farmácia, Gastronomia, Medicina Veterinária, Nutrição, Segurança no Trabalho e Sistemas de Informação.

Sobre a aquisição, o grupo Ser Educacional afirmou que ela está em linha com sua estratégia de “buscar ser relevante nessas regiões e presente nas demais regiões do Brasil”, para fortalecer sua presença no Nordeste do Brasil.

A transação ainda está sujeita ao cumprimento de algumas condições precedentes usuais em operações similares e será concluída assim que essas requisições forem cumpridas. “Tendo em vista que a Transação foi realizada por meio de uma subsidiária da Ser Educacional S.A., o artigo 256 da Lei das Sociedades por Ações não é aplicável e, portanto, não haverá direito de recesso por parte dos acionistas da companhia”, informou  a Ser Educacional em comunicado assinado pelo Diretor de Relações com Investidores, Rodrigo de Macedo Alves.

Juliano Passaro

Compartilhe sua opinião