Senado votará nessa quarta-feira novo marco do saneamento

Senado votará nessa quarta-feira novo marco do saneamento
Senado votará nessa quarta-feira novo marco do saneamento

O senador Tasso Jereissati (PSDB-CE) informou durante uma conferência virtual organizada pelo Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), nessa segunda-feira (22) após uma reunião com líderes do Senado, que a votação referente ao novo marco do saneamento básico deve acontecer na próxima quarta-feira (24) e indicou que a possibilidade do projeto ser aprovado “é muito grande”.

Segundo afirmou o senador durante a conferência, exite um empenho para que o projeto do novo marco do saneamento não volte para a Câmara dos Deputados e seja aprovado como está. Jereissati destacou que o propósito é fechar um acordo com o governo para vetar “dois ou três” pontos do projeto.

“Ficou pautado para quarta-feira a votação do marco do saneamento. Não dou como 100% certo porque existe diminutos pontos de resistência”, declarou o senador.

No Suno One você aprende a fazer seu dinheiro para trabalhar para você. Cadastre-se gratuitamente agora!

Além disso, Jereissati disse que “esses pontos se congregam em torno do espírito corporativista ligado à insegurança das empresas estaduais… Ainda tem algum risco que algum destaque possa ser votado na quarta, mas nosso empenho é que não volte para Câmara e que seja aprovado como está”.

Jereissati projeta que o programa deve trazer investimentos tanto internacionais quanto nacionais já nos próximos anos, para o saneamento, entre outro meios, sendo na forma de:

  • Privatização;
  • Concessão;
  • Parceria público-privado.

Já a secretária especial do Programa de Parcerias de Investimentos (PPI), Martha Seiller, indicou que o Brasil necessita de R$ 600 bilhões em investimentos para que o acesso a água encanada e saneamento básico seja generalizado. Destacou ainda que apenas 6% do mercado brasileiro de saneamento é exercido por investimentos privados.

Comentando sobre os investimentos necessários, a secretária afirmou que “isso não vai sair dos municípios ou dos estados. A solução de universalização passa pelo parceiro privado”.

Marco do saneamento é prioridade no momento, diz Bolsonaro

Durante uma entrevista nessa segunda-feira ao canal ‘Bandeirantes’, o presidente da República, Jair Bolsonaro informou que “a questão do saneamento é o mais importante no momento”.

Veja também: Sabesp sobe 10% com aprovação do novo marco legal do saneamento

“Temos quase 100 milhões de pessoas que não têm água encanada e não têm esgoto. Logicamente não vai ser de uma hora para outra, mas já começamos a diminuir essa necessidade, né. Ao conseguir melhorar essas questões, tem 1 alívio no tocante à saúde, porque muitas pessoas se acometem das mais variadas doenças por causa disso. Daí pressiona o sistema de saúde nosso”, comentou o mandatário sobre o marco do saneamento.

Laura Moutinho

Compartilhe sua opinião