Internacional

Mineradora encontra segundo maior diamante do mundo em Botsuana

0

Mineradora canadense, Lucara, encontra segundo maior diamante do mundo em Karowe, unidade de exploração da empresa em Botsuana.

De acordo com a empresa, o segundo maior diamante do mundo, de 1.758 quilates, pesa 352 gramas, e possui aproximadamente o tamanho de uma bola de tênis. No entanto, a pedra não chega a ser qualificada com uma joia por conta de sua “qualidade variável”.


A pedra desbanca da segunda posição uma outra que havia sido encontrada em 2015 no mesmo local, que tinha 1.111 quilates.

Segundo maior diamante do mundo

Segundo maior diamante do mundo possui 1.758 quilates (Reprodução/Lucara)

Mineração

De acordo com a empresa canadense, desde 2015 foram descobertos 12 diamantes de mais de 300 quilates em Karowe. Dos 12, onze foram vendidos e a empresa arrecadou US$ 158 milhões.

“Karowe produziu dois grandes diamantes de mais de 1.000 quilates em apenas quatro anos”, afirmou o executivo-chefe da Lucara, Eira Thomas, na última quinta-feira (25).

Saiba mais: Ranking de bilionários da Forbes conta com mais brasileiros em 2019

Venda gera milhões

O atual terceiro maior diamante do mundo foi vendido por US$ 53 milhões, equivalente a R$ 208,50 (cotação atual) em estado bruto. Encontrada em 2015, possui 1.111 quilates e foi negociada em 2017.

Na época, sendo o maior diamante do mundo sem corte, foi adquirida pela conceituada negociadora de diamantes Graff Diamonds, que pagou US$ 47,777 por quilate, segundo comunicado da Lucara. A pedra tem entre 2,5 e 3 bilhões de anos.

No entanto, o segundo maior diamante do mundo, encontrado pela exploradora Lucara, só é desbancada pelo “diamante de Cullinan” encontrado na África do Sul, em 1905, que possui 3.106,75 quilates. Essa pedra foi dividida em nove partes para as joias da coroa do Reino Unido.

Compartilhe a sua opinião

Renan Bandeira
Renan Bandeira escreve sobre política e economia para o portal da Suno Research. Antes da Suno, trabalhou em uma rede de televisão, onde fazia reportagens sobre os mesmos temas. Estuda na Universidade Metodista de São Paulo.