Sem Categoria

Sebrae desenvolve linha de crédito de R$ 12 bilhões para PMEs

0

O Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae) anunciou nesta terça-feira (31) que está preparando uma linha de crédito de R$ 12 bilhões em parceria com bancos públicos para ajudar pequenas e médias empresas (PMEs) durante a pandemia do novo coronavírus.

O presidente do Sebrae, Carlos Melles explicou que o projeto será possível por meio de um apoio à um fundo da própria organização, o Fundo de Aval para Micro e Pequenas Empresas (Fampe). Para apoiar o capital seria necessário um acordo com o Ministério da Economia.

Para que possam proporcionar uma linha de crédito entre R$ 8 bilhões e R$ 12 bilhões, deve ser injetado cerca de R$ 500 milhões no Fampe.

Melles acrescentou que “a ideia é que a gente disponibilize, em média, 25% do faturamento da empresa no ano passado na forma de capital de giro. A Caixa (Caixa Econômica Federal) deverá ser o carro-chefe”.

Além disso, o Sebrae informou que o ideal é que a carência seja de um ano, pois segundo a entidade, menos que isso não vai resolver o problema. Ainda acrescentou que o prazo para pagamento deve ser entre 3 e 4 anos.

Saiba mais: Coronavoucher: Senado aprova projeto de auxílio de R$ 600

A entidade também salientou que os juros devem ser entre 0,5% e 0,6% ao mês, mas ainda não foi definido, segundo o presidente, ainda estão “buscando um entendimento”. Ele completou que “uma taxa de juros compatível com a Selic e a inflação”. “Não tem ambiente para falar em juros mais altos”.

Sebrae oferecerá às empresas, programa de educação financeira

A entidade informou que as empresas que solicitarem o empréstimo receberão, também um programa de educação financeira e uma análise de gestão para que possam se recuperar depois da crise.

O Sebrae disse que 76% das PMEs serão afetadas pela crise causada pela pandemia do coronavírus, o que causará um aumento na busca de recursos financeiros para que as empresas continuem a funcionar. Desse modo, o Fampe deve auxiliar as empresas com circunstâncias mais benéficas.

Telegram Suno

Compartilhe a sua opinião

Laura Moutinho
Estagiaria na Suno Notícias, escreve notícias que afetam o mercado financeiro. Estuda administração na Universidade Presbiteriana Mackenzie.