Negócios

Santander (SANB11) realiza movimento de integração entre fintechs

0

A Superdigital, fintech do Santander (SANB11), lançou uma linha de crédito por meio da SIM, outra empresa de tecnologia financeira do grupo; na primeira integração entre as plataformas da banco. As informações foram publicadas nesta segunda-feira e são da revista “Exame”.

O diretor de Negócios Digitais do Santander Brasil, Geraldo Rodrigues, afirmou em entrevista ao veículo que o plano é disponibilizar aos clientes um leque maior de serviços.

Veja também: Garanta acesso ao Suno One, a central de informações para quem quer aprender a investir. Acesse gratuitamente clicando aqui.

De acordo com o grupo, o negócio é o começo para um movimento de integração entre as fintechs. “É uma segunda etapa que irá potencializar a entrega dos produtos para os nossos clientes”, afirmou Rodrigues.

O Santander ainda possui a Plataforma PI Investimentos, assim como a Em Dia, com o objetivo de ajudar as pessoas a quitarem suas dívidas. “Futuramente, esperamos integrar os produtos”, pontuou o executivo da instituição financeira.

A primeira fintech lançada do Santander foi a Superdigital e já conta com mais 1,9 milhões de contas abertas. A plataforma consiste em uma conta digital onde é possível realizar transações financeiras, assim como transferir e receber dinheiro, pagar as contas e recarregar os créditos do celular ou o bilhete único. A empresa de tecnologia financeira também disponibiliza um cartão pré-pago e já registrou mais de 2,9 milhões de cartões físicos e virtuais emitidos.

Dessa forma, com a integração com a SIM, a conta digital passará a oferecer  empréstimos no valor entre R$ 500 e R$ 25.000. O prazo de pagamento será entre 3 meses e 24 meses. A disponibilização do crédito será sujeita a análise da empresa.

Santander aposta em empréstimo com garantia

De acordo com Rodrigues, uma das apostas da instituição financeira é o empréstimo com garantia, como motos e outros automóveis. No caso de carros, a modalidade anotou um aumento próximo de 20% por mês na plataforma da SIM.

Saiba mais: Santander (SANB11) registra lucro de R$ 3,8 bilhões no 1T20

“Acreditamos muito no crescimento deste produto. O processo é todo digital. É muito simples, a pessoa tira foto do documento e do carro”, concluiu o executivo do Santander.

Telegram Suno

Compartilhe a sua opinião

Arthur Oliveira
Arthur Oliveira escreve sobre política, economia e negócios para o portal de notícias da Suno Research. Atualmente, é estudante de jornalismo pela Faculdade Cásper Líbero.