Sanepar (SAPR4) adere a programa e abate 60% de multa ambiental

Sanepar (SAPR4) adere a programa e abate 60% de multa ambiental
A Sanepar (SAPR4) informou que seu Conselho aprovou a adesão a programa que abate 60% de uma multa ambiental da empresa.

A Companhia de Saneamento do Paraná, Sanepar (SAPR4), informou, na última terça-feira (6), que seu Conselho de Administração aprovou a adesão da empresa ao programa “Restaurar as populações da flora ameaçadas de extinção do bioma mata atlântica no Estado de Santa Catarina”.

lead suno imagem ilustrativa

Receba as principais notícias do mercado diariamente.

Receba Grátis conteúdo exclusivo sobre Poupança, Ações, Economia e muito mais!

Parabéns! Cadastro feito com sucesso.

Ops! Algo deu errado. Tente novamente.

lead suno background

Com a adesão ao programa, a Senepar abate 60% de multa ambiental (AIA) no valor total de R$ 47,4 milhões. Dessa forma, a dívida passa a ser de R$ 19 milhões, podendo ser parcelada em 24 vezes. O valor é atualizado periodicamente pela taxa básica de juros da economia (Selic).

“Em setembro de 2020, a Sanepar recebeu do Ibama a notificação de decisão recursal que consolida o valor do débito do referido AIA, o qual estabelecia multa por exploração de água subterrânea do Aquífero Karst, sem licença ambiental competente”, informa a Sanepar, apontando que após o acolhimento parcial do recurso administrativo, deferiu o pedido de adesão à solução de conversão de multas.

Suno One: acesse gratuitamente eBooks, Minicursos, Artigos e Video Aulas sobre investimentos com um único cadastro. Clique para saber mais!

Sanepar lucra R$ 284 milhões no segundo trimestre

A Sanepar apresentou um lucro líquido de R$ 284,4 milhões referente ao segundo trimestre de 2020, equivalente a uma alta de 22,3% ante o mesmo período do ano passado. O resultado da companhia foi impulsionado principalmente pelo crescimento de 4,6% da receita líquida, para R$ 1,15 bilhão, além da redução de custos e despesas.

De acordo com a empresa, a receita operacional bruta aumentou 4,5% entre os meses de abril e junho, para R$ 1,2 bilhão, em razão do reajuste tarifário anual de 8,37%, que começou a vigorar em 24 de maio de 2019, além do restabelecimento do reajuste tarifário anual no percentual de 3,76%, a partir de novembro de 2019.

O Ebitda (lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização) da companhia paranaense ficou em R$ 472,1 milhões, equivalente a um crescimento de 17,4%. A margem Ebitda, por sua vez, subiu para 41,1%, oscilando positivamente em 4,5 pontos percentuais.

O número de ligação de água em julho foi 1,9% maior em relação ao número de ligações existentes no ano imediatamente anterior, equivalente a uma alta de 61.067 ligações de água. O número ligações de esgoto no mesmo período foi 3,9% superior e ficou 85.286  do número de ligações de esgoto na comparação anual, segundo apontou a Sanepar.

Com informações do Estadão Conteúdo.

Jader Lazarini

Compartilhe sua opinião