Samsung: receita chega a R$ 23 bilhões no Brasil

Samsung: receita chega a R$ 23 bilhões no Brasil
Samsung

A receita da Samsung no Brasil chegou a R$ 23 bilhões, um crescimento de 15% em relação ao ano passado.

Os dados foram divulgados pelo “Valor Data” e calculados com base no balanço anual publicado pela companhia na Coreia do Sul. De acordo com o jornal “Valor Econômico”, desde do início da década a operação da Samsung no Brasil cresceu três vezes, saindo de R$ 6,6 bilhões para R$ 23,2 bilhões.

Saiba mais: Samsung diz que espera um ‘declínio no resultado anual’ em 2019

Apesar disso, a receita em dólares registrada em 2018 permaneceu estável na comparação com 2017, o que totalizou US$ 6,3 bilhões. O resultado positivo da marca coreana foi beneficiado pelo crescimento na venda de modelos de smartphones e televisões por conta da Copa do Mundo.

Ao todo, o mercado brasileiro corresponde a 3% das vendas globais da Samsung considerando as duas receitas do ano passado em won, a moeda coreano. Já em dólares americanos, a receita global da companhia chegou a US$ 221,6 bilhões em 2018.

Saiba mais: Samsung tem lucro líquido de US$ 11,4 bilhões no terceiro trimestre e quebra recorde

Segundo estimativas, metade dos aparelhos vendidos no varejo brasileiro são Samsung. A linha J, que varia de R$ 600 a R$ 1,2 mil, é o modelo mais vendido. Além disso, a empresa mantém uma parceria com a Magazine Luiza e se beneficiou com o crescimento da varejista nos últimos anos. No ano passado, o lucro da loja obteve um crescimento de 53,6% em 2018 e chegou a R$ 597,4 milhões.

Em 2018, a receita foi de R$ 23,2 bilhões e o lucro R$ 2,6 bilhões. Porém, este resultado teve uma queda considerável de 36,6% em comparação com 2017, quando o lucro foi de R$ 4,1 bilhões.

Saiba mais: Samsung estima queda de 29% no lucro do 4º trimestre

A concorrência do mercado de smartphone, que hoje está concentrada entre Samsung e Motorola, deve aumentar com a chegada nas chinesas Huawei e Xiaomi ao Brasil.

Renan Dantas

Compartilhe sua opinião