Finanças pessoais

Saiba quais bancos zeraram taxa para Tesouro Direto; Caixa foi a última

0

Seguindo a tendência dos bancos físicos tradicionais, a Caixa Econômica Federal também isentou os seus clientes de pagarem a taxa de aplicação ao Tesouro Direto. Segundo as informações da instituição, o custo era de 0,4% e a partir de hoje está zerada.

 

No mês passado, o Itaú zerou não só a taxa do Tesouro Direto, como também a taxa de guarda de ativos de renda fixa de outros tipos de emissores. Logo após, foi a vez do Santander. O Banco do Brasil foi o terceiro. Este, também disse que iria retirar as taxas sobre Certificados de Recebíveis Imobiliários e Certificados Recebíveis de Agronegócio, além de debêntures.

 

Em nota, a Caixa informou que a retirada da taxa foi para manter seus produtos e serviços competitivos em relação ao mercado.

 

Compartilhe a sua opinião

Paulo Jaschke
Paulo Jaschke é estudante de jornalismo na ESPM-SP. Escreve sobre o mercado financeiro, economia e política internacional para o portal da Suno Research. Também escreve sobre economia internacional na agência CMA e é repórter esportivo pela Web rádio EsportesNet. Em 2018, foi repórter esportivo pela Rádio ESPM na Copa do Mundo 2018 e escreveu para a Revista Plural ESPM.