Rumo (RAIL3) aprova novo plano de recompra de ações

Rumo (RAIL3) aprova novo plano de recompra de ações
Rumo (RAIL3) aprova novo plano de recompra de ações

A Rumo (RAIL3) comunicou ao mercado que seu Conselho de Administração aprovou a criação de um novo plano de recompra de ações da companhia.

Segundo o fato relevante, o objetivo do programa á aquisição de ações para a manutenção em tesouraria, cancelamento ou alienação. A Rumo poderá comprar no máximo 21,4 milhões de papéis, esse valor representa, aproximadamente, 1,16% do capital social.

Todas as operação serão realizadas na Bolsa de Valores de São Paulo (B3) e a preço de mercado. De acordo com a empresa, não haverá alterações significativas no controle acionário e tampouco na estrutura administrativa da companhia.

No Suno One você aprende a fazer seu dinheiro para trabalhar para você. Cadastre-se gratuitamente agora!

As instituições intermediárias serão:

  • Bradesco
  • Citigroup
  • Credit Suisse
  • Itaú
  • Merrill Lynch
  • Morgan Stanley
  • Santander
  • XP Investimentos

O prazo máximo para a realização das aquisições é de 18 meses, iniciando nesta quarta e encerrando-se em 29 de abril de 2022. “A administração da companhia, a depender das condições macroeconômicas e estratégias, avaliará o melhor momento para realizar a compra de ações”, informou a Rumo.

Conselho da Rumo aprova aumento de capital

A Rumo informou, no início deste mês, que seu Conselho de Administração aprovou um aumento do capital social da empresa, dentro do limite de capital autorizado.

lead suno imagem ilustrativa

Receba as principais notícias do mercado diariamente.

Receba Grátis conteúdo exclusivo sobre Poupança, Ações, Economia e muito mais!

Parabéns! Cadastro feito com sucesso.

Ops! Algo deu errado. Tente novamente.

lead suno background

Foi aprovada a emissão de 890.019 novas ações ordinárias, no montante total de R$ 8.900,19. Dessa forma, o capital social da Rumo passará de R$ 16.054.897.107,32, divididos em 1.853.268.772 ações ordinárias, para R$ 16.054.906.007,51, dividido em 1.854.158.791 papéis.

As novas ações não terão valor nominal, sendo que o preço de emissão é de R$ 0,01 por papel. O percentual de diluição potencial resultante da emissão é de 0,05%.

O aumento de capital e a emissão de ações ocorre no âmbito do Plano de Ações, alterado pelo Conselho da Companhia em julho deste ano, visando a entrega dos papéis aos elegíveis do programa. Por meio desta alteração, o Plano de Ações passou a prever tanto a outorga sob a forma de Ações Restritas (modalidade de um direito ao recebimento futuro de ações de emissão da companhia), como também sob a modalidade de opções de compra de ações de emissão da empresa.

Além disso, a Rumo salientou que não será concedido o direito de preferência na subscrição das novas ações aos demais acionistas da companhia no contexto do aumento de capital.

Poliana Santos

Compartilhe sua opinião