Negócios

Renault cresce no mercado brasileiro e eleva vendas em 11,3%

0

A Renault, montadora de veículos francesa, anunciou, nesta sexta-feira (17), que suas vendas no Brasil cresceram 11,3% em 2019 em comparação com 2018. Segundo as informações do relatório anual de vendas da companhia, o resultado foi impulsionado pelo modelo popular Kwid.

De acordo com a Renault, seu market share no País cresceu 0,3 % em 2019, atingindo o recorde de 9% de todo o mercado. O Brasil é, atualmente, o quarto mais importante mercado para a Renault, atrás apenas de:

  • França
  • Rússia
  • Alemanha

A performance positiva da Renault em território brasileiro vai contra a de outros mercados, como o chinês e de países do Oriente Médio. Em todo o mundo, de forma geral, as vendas da montadora caíram 3,4% em 2019.

Confira: Carlos Ghosn processa Renault para receber aposentadoria

A saída do mercado iraniano, em agosto de 2018, e o recuo no mercado da China, de 17,2%, impactaram os resultados. Desconsiderando o Irã, a retração das vendas seria menor, de 0,8%, segundo a montadora.

Nissan desmente notícia sobre rompimento com a Renault

Após a notícia de um possível rompimento da aliança entre Nissan e a Renault, do jornal britânico “Financial Times”, a montadora japonesa afirmou em nota, na última terça-feira (14), que não tem intenção de encerrar a parceria com a montadora francesa.

“Esta aliança é a razão da competitividade da Nissan. Com esta parceria, que busca gerar crescimento estável e a longo prazo, a Nissan vai seguir obtendo resultados positivos para as três sociedades”, disse a montadora japonesa.

Uma fonte próxima da Nissan desmentiu as informações do jornal britânico e disse que as pessoas que falaram ao veículo sobre o rompimento da aliança estavam descontentes com o grupo japonês e queriam “espalhar suas frustrações”.

Saiba mais: Volkswagen pode se tornar nova Nokia sem reformas, diz CEO

“A aliança Renault-Nissan não está morta. Logo, mostraremos. A aliança não está em absoluto neste ponto. Estamos recriando seu espírito original. O conselho do grupo que presido é de uma qualidade excepcional”, disse Jean-Dominique Senard, presidente da montadora francesa.

“Nunca foi vista tamanha boa relação cordial entre os diferentes líderes de nossos três grupos (Renault, Nissan e Mitsubishi) para fazer avançar aliança em uma boa direção”, afirmou o executivo da Renault.

Telegram Suno

Compartilhe a sua opinião

Jader Lazarini
Jader Lazarini escreve sobre mercado financeiro, política e economia para o portal de notícias da Suno Research. Anteriormente, trabalhou na Unidas. Estuda Relações Internacionais na Universidade Anhembi Morumbi.