Associação reduz expectativas para safra e exportação de soja em 2019

Associação reduz expectativas para safra e exportação de soja em 2019
Soja deve dificultar previsões em 2019. (divulgação)

A Associação Brasileira das Indústrias de Óleos Vegetais (Abiove) reduziu as expectativas para as safras de soja e a exportação da commoditie em 2019.

Os números foram divulgados nesta segunda-feira (28). De acordo com a Abiove, a safra de soja neste ano deverá ser de 17,9 milhões de toneladas, número 2,5% inferior ao divulgado em dezembro.

Saiba mais: Renegociações de dívidas com estados podem gerar impacto de R$ 166 bi

Além disso, a Abiove, representante das principais indústrias e tradings (empresas que negociam commodities) do setor, diminuiu a previsão de exportação de soja em grãos de 73,9 milhões de toneladas para 70,1 milhões. O Brasil é o maior exportador da oleaginosa.

Dessa forma, a Abiove espera que o faturamento com as exportações do complexo de soja caia de US$ 34,2 bilhões para US$ 32,75 bilhões em 2019.

Agroconsult

A consultoria Agroconsult também baixou suas expectativas de produção para 2019. De acordo com a agência, a quebra de safra de soja de 2018/19 no Paraná e Mato Grosso do Sul foi uma das principais causas para a redução. Os estados são, respectivamente, o segundo e quinto na produção nacional.

Ainda segundo a consultoria, o clima quente e seco tem prejudicado a colheita da soja.

Renan Dantas

Compartilhe sua opinião