Rede de farmácias Nissei protocola pedido para IPO

Rede de farmácias Nissei protocola pedido para IPO
O grupo de farmácias Nissei pediu registro para abertura de capital

A rede de farmácias do Paraná Nissei comunicou nesta sexta-feira (28) que pediu registro para a realização de uma oferta pública inicial de ações (IPO, na sigla em inglês).

lead suno imagem ilustrativa

Receba as principais notícias do mercado diariamente.

Receba Grátis conteúdo exclusivo sobre Poupança, Ações, Economia e muito mais!

Parabéns! Cadastro feito com sucesso.

Ops! Algo deu errado. Tente novamente.

lead suno background

Conforme prospecto preliminar da operação, a empresa tem suas quase 300 lojas distribuídas em 76 municípios, nas regiões de Santa Catarina, São Paulo, além do próprio Paraná. O grupo Nissei se coloca como a maior rede de drogarias do Estado do Paraná, com quase 20% do mercado.

A companhia informou que irá emitir novas ações para o processo de listagem e destinará os recursos para crescimento orgânico, aquisições de rivais menores, resgatar debêntures e otimizar a estrutura de capital. Parte dos papéis, contudo, serão oferecidos por porte do dono do negócio, o empresário Sérgio Maeoka.

Suno One: acesse gratuitamente eBooks, Minicursos, Artigos e Video Aulas sobre investimentos com um único cadastro. Clique para saber mais!

A operação será coordenada pelas instituições financeiras, Safra, BTG Pactual (BPAC11), Bank of America e Itaú BBA. O IPO fará com que a Nissei se torne a quinta drogaria de capital aberto no Brasil, considerando que as ofertas de Pague Menos e D1000 sejam bem sucedidas.

Nissei pode levantar R$ 1 bilhão em IPO

Segundo informações publicadas pelo “Brazil Journal”, o grupo Nissei pretende levantar até R$ 1 bilhão com o processo de abertura de capital na bolsa.

Conforme dados da Associação Brasileira de Redes de Farmácias e Drogarias (Abrafarma), a empresa coloca-se como a 10ª rede de drogarias do país em faturamento. Em número de lojas, a companhia paranaense está em 8º lugar.

No primeiro trimestre de 2020, a Nissei registrou uma receita líquida de R$ 759 milhões, equivalente a um aumento de 6,6% ante mesmo período do ano anterior. Na base anual, a companhia apresentou uma receita líquida de R$ 1,5 bilhão em 2019, enquanto o Ebitda (lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização) da rede de farmácias ficou em R$ 120 milhões, com uma dívida líquida de R$ 340 milhões.

Arthur Guimarães

Compartilhe sua opinião