Finanças pessoais

Em ranking de reclamações do BC, Banco do Brasil segue na liderança

0

O Banco do Brasil foi a instituição que mais recebeu comentários negativos e reclamações no Banco Central no terceiro semestre de 2018, disse um relatório da entidade.

Bradesco e Santander ficaram com as subsequentes posições com mais reclamações. No trimestre anterior, o Santander havia se posicionado na primeira posição, seguido pela Caixa Econômica Federal.

O BC considerou 1.509 queixas contra o Banco do Brasil neste período e estas estavam relacionadas principalmente com a má prestação de serviços e também a falta de informação sobre produtos e serviços adquiridos pelos consumidores, as vezes, até sem a ciência do mesmo.

Segundo o levantamento, o BB tem cerca de 63 milhões de clientes e alcançou um índice de reclamações de 25,22. Isto é, o indicador divide o número de reclamações pela quantidade de clientes e depois multiplica por um milhão. Desde modo, o BC entende equilibrar a quantidade de queixas pelo volume de consumidores que utilizam os bancos.

O Bradesco teve um índice de 22,55. O banco tem um montante de 93,5 milhões de clientes e recebeu 2.151 reclamações. O Santander, por sua vez, obteve o índice de 22,10; com um corpo de 42,2 milhões de clientes e 933 reclamações no terceiro trimestre de 2018.

Compartilhe a sua opinião

Paulo Jaschke
Paulo Jaschke é estudante de jornalismo na ESPM-SP. Escreve sobre o mercado financeiro, economia e política internacional para o portal da Suno Research. Também escreve sobre economia internacional na agência CMA e é repórter esportivo pela Web rádio EsportesNet. Em 2018, foi repórter esportivo pela Rádio ESPM na Copa do Mundo 2018 e escreveu para a Revista Plural ESPM.