Priner (PRNR3) conclui aquisição de cotas do capital social de subsidiária por R$ 3,3 mi

Priner (PRNR3) conclui aquisição de cotas do capital social de subsidiária por R$ 3,3 mi
Logo da Priner (foto: divulgação)

A Priner Serviços Industriais S.A. (PRNR3) comunicou que, na última terça-feira (29), firmou um acordo de compra e venda de quotas e “outras avenças” com o intuito de adquirir 24.500 quotas do capital social de sua subsidiária R&R Indústria, Comércio e Instalação de Isolantes Removíveis e Reutilizáveis LTDA. Assim, a empresa ficará com 100% do total da participação na subsidiária.

lead suno imagem ilustrativa

Receba as principais notícias do mercado diariamente.

Receba Grátis conteúdo exclusivo sobre Poupança, Ações, Economia e muito mais!

Parabéns! cadastro feitocom sucesso.

lead suno background

As cotas adquiridas na última terça são representativas de 49% do capital social da R&R. A transação foi concluída pelo valor total de R$ 3.312.215,00. Depois da formalização da transferência das referidas quotas, a empresa irá aumentar a sua participação de 51% para 100% do capital social total da R&R.

No Suno One você aprende a fazer seu dinheiro trabalhar para você. Cadastre-se gratuitamente agora!

Sobre a Priner

A Priner foi fundada em 1982, como parte da Mills. A empresa, entretanto, só virou “Priner” em 2016. Em 2013, a Mills já havia sido vendida para um fundo de Private Equity da Leblon Equities. A empresa opera hoje no setor de serviços e manutenção industrial para negócios de óleo e gás, mineração, papel e celulose, petroquímica, siderurgia e também para o setor naval.

A empresa possui duas frentes de negócios, a Priner Serviços Industriais e a Rental. A Priner fez sua estréia na Bolsa de Valores de São Paulo no dia 17 de fevereiro deste ano. Os papéis da Priner operaram em forte alta na estreia da empresa no Novo Mercado da B3. Por volta das 13h54, do dia 17 de fevereiro, as ações da Priner chegaram a ser negociadas a R$ 13,90, variando positivamente 39%.

As ações da Priner foram precificadas a R$ 10, valor base da faixa indicativa que chegava até R$ 13. A companhia de serviços e manutenção industrial captou R$ 173,9 milhões em sua oferta pública inicial de ações (IPO). A oferta poderia ter um acréscimo de até 3.478.261 ações, porém isso não aconteceu.

Cotação atual da companhia

Por volta das 13h51, desta quarta-feira (30), a Priner (PRNR3) tinha seus papéis negociados a R$ 8,39, na B3, em alta de 1,08%.

Juliano Passaro

Compartilhe sua opinião