Presidente do Bradesco defende criação do Pix, mas indica preocupações

Presidente do Bradesco defende criação do Pix, mas indica preocupações
PIX entrará em vigor no dia 16 de novembro

Nesta sexta-feira (21) o presidente do Bradesco (BBDC3;BBDC4), Octavio Lazari Jr., indicou que defende a criação do sistema de pagamentos instantâneos do Banco Central, o Pix. Entretanto, o executivo também expressou preocupação com a adoção de uma só vez do programa pela autoridade monetária.

lead suno imagem ilustrativa

Receba as principais notícias do mercado diariamente.

Receba Grátis conteúdo exclusivo sobre Poupança, Ações, Economia e muito mais!

Parabéns! cadastro feitocom sucesso.

lead suno background

A declaração foi feita enquanto o executivo participava de um evento em São Paulo. Segundo destacou Lazari, “O Pix é uma evolução positiva em meios de pagamentos. Nossas empresas vão perder receitas, mas faz parte do jogo”.

Apesar do comentário otimista, o executivo disse que se preocupa com as possíveis fraudes no uso da nova tecnologia e com o controle e centralização das transações no Banco Central, já que a instituição liquidará os pagamentos.

No Suno One você aprende a fazer seu dinheiro para trabalhar para você. Cadastre-se gratuitamente agora!

De acordo com Lazari, uma solução para tal problema seria a existência de alguma forma de backup das operações realizadas no novo sistema.

Pix é semente de democratização digital no Brasil

Campos Neto ainda declarou que o Pix, é a semente de várias iniciativas que estão sendo implementadas no âmbito da democratização digital no Brasil.

O presidente da autarquia federal também reforçou que o Pix tem previsão para começar a operar no dia 16 de novembro. Campos Neto destacou que irá reformular a intermediação financeira e que passará por uma evolução natural.

Além disso, o economista pontuou que “eventualmente todos os integrantes da intermediação financeira vão participar” do sistema de pagamento. “Vamos contar com todos os integrantes, não só do sistema financeiro, mas eventualmente todos os integrantes da intermediação financeira vão participar”, afirmou o presidente do BC.

Nesta semana o mandatário declarou que todos os integrantes da intermediação financeira vão participar do sistema de pagamentos instantâneos da autarquia, o Pix, eventualmente. O executivo prevê que o novo sistema de pagamentos instantâneos impedirá uma maior centralização do sistema financeiro, como foi observado em outras crises.

Daniel Guimarães

Compartilhe sua opinião