Economia

PIB deve crescer 0,8% em 2019, segundo banco UBS

0

O banco UBS apresentou nesta quarta-feira (28) uma nova previsão de crescimento para o Produto Interno Bruto (PIB) do Brasil para 2019 e 2020.

Neste ano, a estimativa para o aumento do PIB teve queda de 1% para 0,8%, segundo o UBS. Para 2020, a instituição acredita que índice crescerá somente 1,5%, contra os 2,2% previstos anteriormente.

A instituição financeira informou que a guerra comercial entre a China e os Estados Unidos é um dos principais fatores para a desaceleração econômica mundial.

Em contrapartida, o banco ressaltou que a aprovação das reformas, como a da Previdência e a tributária, além do corte na taxa de juros são fatores positivos para o desempenho da atividade econômica do País.

Apesar a redução na previsão de crescimento do PIB, o UBS informou que a economia brasileira não está paralisada. Segundo a instituição financeira, o Brasil não sofre com a falta de oportunidades em investimentos rentáveis e nem com o excesso de poupança.

Previsão para a cotação do dólar

Além da estimativa para o PIB, o banco também informou quais são as previsões para o câmbio neste ano e em 2020.

Tanto neste ano quando no próximo ano, conforme o UBS, a cotação do dólar ante o real deve ficar em R$ 4,00. No entanto, as expectativas anteriores previam R$ 3,80 para este ano e R$ 3,75 para o ano que vem.

A alta da moeda norte-americana é motivada pelos juros baixos e pela insatisfação com o crescimento da economia brasileira. Isso ocorre pois com juros baixos, os investimentos são realocados de títulos de renda fixa para renda variável, como ações, por exemplo.

Boletim Focus reduz crescimento do PIB

Os economistas entrevistados pelo Banco Central (BC) no Boletim Focus diminuíram a previsão de crescimento do PIB para 2019. Segundo o Boletim divulgado na última segunda-feira (26), a economia do País deverá crescer somente 0,80% esse ano.

Saiba mais: Boletim Focus diminui previsão de crescimento da economia brasileira

No começo do ano, os analistas do Boletim Focus indicavam um crescimento 2,6% para este ano.

A previsão de crescimento do PIB para 2020 diminuiu para 2,10%. As previsões estão próximas à projeção oficial do Banco Central e também do ministério da Economia.

Compartilhe a sua opinião

Giovanna Almeida
Giovanna Oliveira escreve sobre economia e política para o portal Suno Notícias. Antes, foi repórter do portal de jornalismo da ESPM-SP e produziu conteúdo para a Corinthians TV. É estudante da ESPM.