Economia

Economistas reduzem projeção do PIB brasileiro para abaixo dos 2%

0

Analistas e economistas de grandes instituições financeiras projetam que o Produto Interno Bruto (PIB) brasileiro atingirá níveis inferiores a 2% em 2020.

Desse modo, tratará do quarto ano consecutivo em que o PIB do Brasil terá expansão abaixo de 2%. “A mudança é ligada principalmente ao cenário externo, que tem incerteza política, além da comercial”, disse o economista do banco Bradesco, Fernando Honorato Barbosa.

Alguns fatores que podem influenciar o desenvolvimento econômico do País segundo os economistas são:

  • desaceleração da economia global
  • crise política e econômica na Argentina
  • baixo investimentos no Brasil
  • guerra comercial.

Na última sexta-feira (6), o banco Bradesco reduziu de 2,2% para 1,9% a projeção do próximo ano.

“O Brasil é muito ligado aos ciclos da economia global. Embora a nossa economia seja bastante fechada, a nossa indústria é mais aberta”, disse Barbosa ao jornal “Folha de S.Paulo”.

PIB brasileiro

Por sua vez, o banco suíço UBS, reduziu de 2,2% para 1,5% para 2020. MB Associados e Tendências foi de 2% para 1,6%, e o Itaú Unibanco, que já havia reduzido em meados de junho, projetou crescimento de 1,7% no próximo ano.

A guerra comercial, a princípio tem demonstrado benefício em números ao Brasil, no entanto, a longo prazo, a disputa pode afetar o crescimento econômico dos países e reduzir a demanda por matérias primas.

Confira Também: PIB brasileiro: Cepal reduz projeção de 2% para 1,8%

“Nos últimos meses, ficou mais claro quão adverso é o cenário da guerra comercial e agravamento da crise da Argentina para os países emergentes”, disse o economista da Tendência Consultoria, Thiago Xavier.

Os economistas ressaltam que no cenário interno o Brasil tem progredido, ainda mais com o crescimento de 0,4% do PIB brasileiro no segundo trimestre deste ano, acima da média de 0,2%, no entanto, o cenário externo tem regredido e por esse motivo as expectativas estão abaixo dos 2%.

Compartilhe a sua opinião

Poliana Santos
Poliana Santos escreve sobre economia e política para o portal Suno Notícias. Antes, colaborou na Rádio Gazeta AM, onde era responsável pela produção do programa Bom Dia Gazeta. É estudante da Faculdade Cásper Líbero.