Mercado

Petrobras reduz preço médio da gasolina em 3% nas refinarias

0

A Petrobras informou que vai reduzir o preço médio da gasolina nas suas refinarias. Essa redução será em 3%, valor correspondente a R$1,7595. No comunicado a estatal informa que o valor do diesel não foi alterado.

A redução do preço está valido desde a última terça-feira (11). Conforme a Petrobras seus preços de combustíveis tem como base a cotação internacional e os custos de importação.

A estatal informa que o valor vendido nas refinarias não está necessariamente ligado ao valor de venda para o consumidor. “O preço de venda às distribuidoras não é o único determinante do preço final ao consumidor”, informou a estatal.

Essa é a segunda redução do mês. No dia primeiro de junho, a Petrobras anunciou a redução do valor da gasolina em 7,16% e do diesel em 6%.

Alteração na divulgação

A estatal informou, no dia 22 de maio, que mudou a forma de divulgar os preços da gasolina e do diesel. Antes, a Petrobras publicava em seu site o preço médio, mas agora a empresa publica os preços praticados nos 37 postos de suprimento.

Saiba Mais: Castello Branco: Petrobras pode fazer pouco para ajudar caminhoneiros

A política de preços passou por várias mudanças. Em 26 de março, a companhia anunciou que os preços do diesel seriam reajustados em períodos de 15 dias. Dessa forma, abandonaram a política de reajuste que tinha sido adotado em 3 de julho de 2017, que previa mudanças com menor periodicidade, que poderiam, inclusive ser diários.

Petrobras e Cade fecham acordo

Na última terça-feira (11), o Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) aprovou o acordo com a estatal para venda de refinarias.

Saiba Mais: Cade aprova acordo para a venda de refinarias da Petrobras

Conforme o superintende-geral do Cade, Alexandre Cordeiro, o acordo prevê a venda de 50% das refinarias da Petrobras. A estatal possui atualmente 98% do mercado petrolífero do Brasil.

“Existe um trade off entre levar o processo adiante por alguns anos, discutindo se há ou não a existência do ilícito, ou celebrar logo um acordo que traz benefícios para todos”, disse Cordeiro.

Última cotação

Na última sessão, que ocorreu na terça-feira (11), a Petrobras (PETR3) encerrou em alta de 2,04% sendo cotada a R$ 29,5.

Compartilhe a sua opinião

Poliana Santos
Poliana Santos escreve sobre economia e política para o portal Suno Notícias. Antes, colaborou na Rádio Gazeta AM, onde era responsável pela produção do programa Bom Dia Gazeta. É estudante da Faculdade Cásper Líbero.