Petrobras (PETR4): petroleiros organizam manifestação na Bahia

Petrobras (PETR4): petroleiros organizam manifestação na Bahia
Os petroleiros protestam contra a venda de refinarias da Petrobras

O Sindicato dos Petroleiros da Bahia (Sindipetro-Bahia) e a Federação Única dos Petroleiros (FUP) estão organizando uma manifestação que deverá acontecer na próxima quinta-feira (17) em frente à Refinaria Landulpho Alves (RLAM). Os petroleiros protestam contra a venda de refinarias da Petrobras (PETR3; PETR4) e o movimento integra a campanha ‘#PetrobrasFica’.

lead suno imagem ilustrativa

Receba as principais notícias do mercado diariamente.

Receba Grátis conteúdo exclusivo sobre Poupança, Ações, Economia e muito mais!

Parabéns! cadastro feitocom sucesso.

lead suno background

Vale destacar que a Refinaria Landulpho Alves também foi incluída no plano de desinvestimento da Petrobras, e em junho a estatal petrolífera recebeu uma oferta do fundo soberano dos Emirados Árabes Unidos, Mubadala Investment, pela RLAM.

A RLAM é a primeira de oito refinarias, que a Petrobras planeja vender com o objetivo de reduzir sua dívida e abrir um dos maiores negócios de combustíveis para investidores privados. Vale destacar que a unidade chega a produzir cerca de 330 mil barris de petróleo diariamente, ao passo que é a segunda maior refinaria do país.

Suno One: acesse gratuitamente eBooks, Minicursos, Artigos e Video Aulas sobre investimentos com um único cadastro. Clique para saber mais!

Além disso, há pouco tempo, o presidente da Câmara, Rodrigo Maia, e o presidente do Senado, Davi Alcolumbre, analisaram a possibilidade de solicitar ao Supremo Tibunal Federal (STF) que o processo de venda das refinarias da companhia fosse interrompido .

Petrobras inicia fase vinculante para venda do bloco na Colômbia

A Petrobras informou, na última segunda-feira (14), que iniciou a fase vinculante referente à venda da totalidade de sua participação em porção exploratória do Bloco Tayrona, localizado na Bacia de Guajira, na Colômbia.

Segundo a Petrobras, os potenciais compradores habilitados para essa fase receberão carta-convite com instruções sobre o processo de desinvestimento, incluindo orientações para a realização de “due diligence” e para o envio das propostas vinculantes.

“Essa operação está alinhada à otimização do portfólio e à melhora de alocação do capital da companhia, visando a geração de valor para os seus acionistas”, destacou a Petrobras.

Laura Moutinho

Compartilhe sua opinião