Petrobras (PETR4) inicia fase vinculante para venda da PBIO

Petrobras (PETR4) inicia fase vinculante para venda da PBIO
A Petrobras (PETR3; PETR4) iniciou a fase vinculante referente à venda de sua subsidiária integral Petrobras Biocombustível (PBIO).

A Petrobras (PETR3; PETR4) informou nessa quarta-feira (30), via comunicado ao mercado, que iniciou a fase vinculante referente à venda de sua subsidiária integral Petrobras Biocombustível (PBIO).

lead suno imagem ilustrativa

Receba as principais notícias do mercado diariamente.

Receba Grátis conteúdo exclusivo sobre Poupança, Ações, Economia e muito mais!

Parabéns! cadastro feitocom sucesso.

lead suno background

No documento, a Petrobras explicou que os potenciais compradores habilitados para essa fase receberão uma carta-convite que contará com informações sobre o processo de desinvestimento e orientações para realização de ‘due diligence‘, bem como para o envio das propostas vinculantes.

A estatal petrolífera apontou que a operação está alinhada à estratégia de otimização do portfólio e também à melhoria de alocação do capital da Petrobras, “visando à maximização de valor para seus acionistas”.

Conheça o Suno One, a central gratuita de informações da Suno para quem quer aprender a investir. Acesse clicando aqui.

Contudo, o documento afirma que “a presente transação consiste na venda de 100% das ações da Petrobras na PBIO, incluindo as três usinas de biodiesel, e não inclui a venda da participação societária da PBIO na BSBios Indústria e Comércio de Biodiesel Sul Brasil S.A. (50,0%)”.

Sobre a Petrobras Biocombustível

O documento destaca que a PBIO foi fundada em 2008, e é uma das maiores produtoras de biodiesel do Brasil com 5,5% de market share em 2019.

Além disso, conta com 3 usinas de biodiesel localizadas em:

  • Montes Claros, em Minas Gerais, com capacidade de geração de 167 mil metros cúbicos por ano
  • Candeias, na Bahia, com capacidade produtiva de 304 mil metros cúbicos por ano
  • Quixadá, no Ceará, com capacidade produtiva de 109 mil metros cúbicos por ano

Essa última, no entanto, está em estado de hibernação, segundo o comunicado.

As três usinas são capazes de utilizar uma mistura de até 5 matérias-primas diferentes para a produção de biodiesel, “capturando vantagens na dinâmica sazonal dos preços”.

Petrobras inicia fase não-vinculante para venda do Polo Potiguar

A estatal petrolífera informou na última segunda-feira (28) que deu início à fase não-vinculante do processo de venda da totalidade de sua participação no Polo Potiguar, que reúne 26 concessões de campos de produção terrestres e de águas rasas no Rio Grande do Norte.

“Os potenciais compradores habilitados para essa fase receberão instruções sobre o processo de desinvestimento, incluindo as orientações para elaboração e envio das propostas não-vinculantes, além de acesso a um data room virtual contendo informações adicionais sobre o polo”, comunicou a Petrobras, em comunicado.

Laura Moutinho

Compartilhe sua opinião