Negócios

PagSeguro registra aumento de 29,4% do lucro líquido

0

A PagSeguro divulgou nesta quinta-feira (27) a alta de 29,4% do lucro líquido no quarto trimestre em relação ao mesmo período do ano anterior.

A PagSeguro, gigante do segmento dos meios de pagamento digitais, é controlada pelo grupo UOL e compete com as rivais Cielo e Stone.

O volume de transacionado da empresa de meios de pagamento somou R$ 34,3 bilhões. O montante representa um crescimento de 39% na comparação anual.

A empresa fechou o ano de 2019 com a base de 5,3 milhões usuários ativos, expansão de 1,1 milhão em relação ao mesmo ano de 2018.

Em relação a operações de pagamentos e outros serviços, a PagSeguro registrou uma receita líquida de R$ 1,5 bilhões. O valor exprime um aumento de  37,2% em comparação com quarto trimestre de 2018.

Os custos de venda e serviços recuaram, quando observado o percentual da receita líquida, de 82,6% para 80,1%. Isso significa um total de R$ 747,4 milhões investidos.

As despesas com vendas, no entanto, tiveram uma forte alta de 124,5%, isto é, R$ 186,6 milhões. Conforme informou a PagSeguro, o aumento está relacionado a “despesas com marketing”.

A PagSeguro está listada em Nova York. Sua ação encerrou nesta quinta-feira em queda de 5,3%, a 32,70 dólares.

PagSeguro é a startup mais buscada por brasileiros

A empresa de marketing digital SEMRush realizou um levantamento sobre as startups mais pesquisadas pelos brasileiros. As buscas pelo termo “startup” subiram de 90,5 mil em junho de 2019 para 135 mil em setembro.

De acordo com pesquisa, a PagSeguro é a fintech mais procurada por brasileiros. Ao todo foram mais de 2,8 milhões de buscas mensais entre janeiro de 2018 a setembro de 2019.

Dentre as oito startups atrás da PagSeguro identificadas pela SEMRush: Uber (2,6 milhões); Airbnb (1,6 milhão); Nubank (1,3 milhão); iFood (1,2 milhão); 99 (363 mil); Gympass (234 mil); Stone (153 mil); Ebanx (117 mil) e Loggi (92 mil)

Telegram Suno

Compartilhe a sua opinião

Arthur Oliveira
Arthur Oliveira escreve sobre política, economia e negócios para o portal de notícias da Suno Research. Atualmente, é estudante de jornalismo pela Faculdade Cásper Líbero.