Odontoprev (ODPV3) aprova pagamento de R$ 13,3 mi em JCP

Odontoprev (ODPV3) aprova pagamento de R$ 13,3 mi em JCP
O conselho de administração da Odontoprev (ODPV3) aprovou o pagamento de R$ 13,3 milhões em juros sobre capital próprio

A Odontoprev (ODPV3) informou nesta sexta-feira (11) que seu conselho de administração aprovou o pagamento de um montante total bruto de R$ 13,3 milhões em juros sobre capital próprio (JCP).

lead suno imagem ilustrativa

Receba as principais notícias do mercado diariamente.

Receba Grátis conteúdo exclusivo sobre Poupança, Ações, Economia e muito mais!

Parabéns! cadastro feitocom sucesso.

lead suno background

Conforme comunicado, o valor representa R$ 0,025083200 por ação, desconsideradas as 893,5 mil ações em tesouraria, e está sujeito a uma alíquota de 15% do imposto de renda retido na fonte, exceto aos acionistas comprovadamente isentos ou imunes.

O pagamento será efetuado no dia 7 de outubro deste ano e terão direito aos juros sobre capital próprio os detentores das ações da companhia em 16 de setembro de 2020. Os papéis entrarão em “ex-direito” no dia seguinte, 17 de setembro.

Suno One: acesse gratuitamente eBooks, Minicursos, Artigos e Video Aulas sobre investimentos com um único cadastro. Clique para saber mais!

Os investidores acionistas terão seus créditos disponíveis conforme o domicílio bancário fornecido ao Bradesco (BBDC4), ao passo que aqueles com ações depositadas na B3 (B3SA3) irão obter os recursos por meio de seus agentes de custódia.

Odontoprev registra alta de 87% no lucro do 2T20

Há cerca de um mês, a empresa reportou um lucro líquido de R$ 116,4 milhões no segundo trimestre de 2020, equivalente a 87% em relação aos R$ 62,2 milhões obtidos no mesmo período do ano passado. Nesse sentido, o lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização (Ebitda, na sigla em inglês apresentou uma alta de 96%, para R$ 176,7 milhões, na mesma comparação.

A empresa registrou uma receita de R$ 433 milhões, uma queda de 3,2%. Não obstante, a companhia obteve uma retração de 37% dos custos, para R$ 134,1 milhões, e baixa de 15% das despesas operacionais, para R$ 128,2 milhões.

O tíquete médio consolidado da Odontoprev, por sua vez, foi de R$ 20,53, resultado 3,6% inferior por conta da estabilidade dos contratos corporativos, assim como a maior participação dos planos para pequenas e médias empresas (PMEs) e o novo mix dos planos individuais de menor margem.

Arthur Guimarães

Compartilhe sua opinião