Negócios

Odebrecht vende Supervia e Rota das Bandeiras por US$ 2,45 bi

0

A Odebrecht concluí a venda da Supervia e da Rota das Bandeiras nesta quarta-feira (29), A Supervia é a concessionária de transporte ferroviário do Rio de Janeiro Já a Rota das Bandeiras, é responsável pelo corredor Dom Pedro, no interior de São Paulo.

A Odebrecht já conseguiu aprovação do Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade). O pagamento de R$ 2,45 bilhões ao grupo, que serão usados para abater dívidas.

Concessões

Agora a Rota das Bandeiras será controlada pela gestora Farallon e pela companhia de investimentos Mubadala, de Abu Dhabi, que irão integrar o Fundo de Investimento em Participações Multiestratégia.

O fundo terá participação de 85% no negócio, enquanto os outros 15% fica com a Odebrecht Transport (OTP), setor de transportes e mobilidade urbana do grupo. A operação foi fechada em R$ 1,65 bilhão.

Saiba mais: Odebrecht Engenharia muda nome da marca para a sigla OEC; entenda

A Supervia será controlada pela Guarana Urban Mobility Incorporated (Gumi), controlada pela japonesa Mitsui. A empresa terá 88,67% das ações do negócio enquanto a OTP seguirá com seus 11,33% na participação. A venda foi fechada em R$ 800 milhões.

Venda de prédio

O grupo também vendeu o seu prédio sede, localizado na Marginal Pinheiros em São Paulo, para a SDI Gestão e Barzel Properties. A informação é da coluna “Broadcast/Estadão”.

Apesar do negócio ter sido mantido em sigilo, a empresa irá se desfazer de uma dívida de R$ 500 milhões de financiamento. O montante foi usado para a construção do prédio, inaugurado em 2013. Dessa forma, o aluguel pagará a metade do custo mensal da dívida.

Saiba mais: Odebrecht mantinha “bunker da propina” na Faria Lima, em São Paulo

O prédio da Odebrecht possui uma área de 30 mil metros quadrados. Além da construtora,o local abriga:

  • Odebrecht S.A.
  • Braskem
  • OEC
  • Atvos
  • OR
  • OTP
  • OCS
  • Odebrecht Previdência
  • Ocyan.

Compartilhe a sua opinião

Renan Bandeira
Renan Bandeira escreve sobre política e economia para o portal da Suno Research. Antes da Suno, trabalhou em uma rede de televisão, onde fazia reportagens sobre os mesmos temas. Estuda na Universidade Metodista de São Paulo.