Nubank responde Procon-SP sobre cadastros de chaves Pix

Nubank responde Procon-SP sobre cadastros de chaves Pix
O Procon-SP recebeu as explicações do Nubank e do Mercado Pago sobre os supostos cadastros de chaves Pix sem autorização prévia dos clientes.

O Procon-SP informou nessa quinta-feira (29) que recebeu as explicações do Nubank e do Mercado Pago sobre os supostos cadastros de chaves Pix sem autorização prévia dos clientes.

lead suno imagem ilustrativa

Receba as principais notícias do mercado diariamente.

Receba Grátis conteúdo exclusivo sobre Poupança, Ações, Economia e muito mais!

Parabéns! Cadastro feito com sucesso.

Ops! Algo deu errado. Tente novamente.

lead suno background

Após avaliar, o órgão de defesa do consumidor apontou que o Nubank e o Mercado Pago apenas disponibilizaram informações “sem condicioná-las à ciência prévia para adesão aos serviços”.

Nesse sentido o Procon-SP apontou que o Mercado Pago faz alusão aos termos e condições de uso do sistema de pagamentos instantâneos como um dos canais de acesso das informações sobre o serviço.

Suno One: acesse gratuitamente eBooks, Minicursos, Artigos e Video Aulas sobre investimentos com um único cadastro. Clique para saber mais!

Contudo, o Procon considera que “mesmo quando a empresa condiciona o cadastro a várias etapas ou comportamentos ativos do consumidor, como apresentação do documento pessoal, não ficou demonstrado que o mesmo teve acesso prévio, amplo e preciso das características do serviço”.

Além disso, o Procon-SP salientou que no caso do Nubank, o consumidor é informado que a adesão o levará à preferência de uso do Pix já em novembro desse ano.

Frente a isso, o órgão aponta que “corre-se o risco da adesão ter sido efetuada pelo consumidor apenas para obtenção do uso mais célere da ferramenta. Para o Procon, é questionável se a referida preferência pode ser atribuída, sem configurar-se como prática abusiva, em detrimento daqueles que realizarem o cadastro posteriormente”.

As respostas das companhias serão analisadas pela diretoria de fiscalização, para analisar se há alguma irregularidade e imposição das sanções previstas no Código de Proteção e Defesa do Consumidor.

Procon notifica Nubank e Mercado Pago

O Procon de São Paulo informou no último dia 19 que notificou o Nubank e o Mercado Pago após clientes das instituições reclamarem sobre cadastros de chaves Pix sem autorização prévia. Além disso, os usuários relataram dificuldade no cancelamento.

Dentre os questionamentos feitos pelo Procon, estavam:

  • Como e por quais canais está sendo ofertado e disponibilizado o cadastro dos consumidores ao Pix
  • Quais informações são prestadas antes da realização do cadastro
  • Como se dá a confirmação ou anuência inequívoca dos consumidores
  • Como o consumidor pode efetuar o cancelamento do cadastro
  • Se verificaram a ocorrência de problema sistêmico que poderia ter dado causa ao cadastro indevido das chaves de segurança
  • Quais providências têm sido adotadas para solução dos problemas relatados
  • Quais os canais de atendimento disponibilizados ao consumidor para atendimento.

Além disso, tanto o Nubank, quanto o Mercado Pago, já haviam negado que teriam feito qualquer cadastro sem o consentimento dos clientes.

Com informações do Estadão Conteúdo.

Laura Moutinho

Compartilhe sua opinião