Negócios

Nubank alcança marca de 15 milhões de clientes; Banco Inter registra 3 milhões

0

O diretor executivo do Nubank, David Vélez, afirmou que a fintech chegou a marca de 15 milhões de clientes nesta sexta-feira (11). Do total, 10 milhões são do cartão de crédito da marca. O relato foi feito durante o evento Brasil Investment Forum.

Em agosto, a companhia havia informado que era o maior banco digital do mundo, com pouco mais de 12 milhões de clientes. De acordo com Vélez, o Nubank tem o objetivo de praticar taxas de juros de 30 a 40% mais baixas do que a media do mercado.

“Abrimos muitas novas frentes de negócios no últimos 12 meses e estamos crescendo rápido”, afirmou o CEO do Nubank.

Banco Inter

O Banco Inter divulgou, na última quinta-feira (10), a prévia operacional do terceiro trimestre deste ano. A companhia abriu 732 mil novas contas e alcançou o número de 3,3 milhões de correntistas. Em comparação com o ano passado, o número de clientes cresceu três vezes mais. Somente em setembro foram 12 mil contas a cada dia útil, abertas pela instituição.

Veja também: Exclusivo: BS2 entra na briga por investidores e lança home broker

Houve também um crescimento do número de clientes da Plataforma Aberta Inter (PAI). O Banco Inter já conta com 338 mil clientes investidores, o que significa 10% de sua base de clientes. No quesito portabilidade de salário, a instituição recebeu 62,9 mil solicitações.

Em originação de crédito, a alta foi de 123% em comparação com o mesmo período de 2018, chegando a 1,2 bilhão. O crédito consignado chegou a R$ 293 milhões e o imobiliário a R$ 354 milhões.

Sobre o Nubank

A simplicidade do Nubank tem início já na forma de adesão da plataforma. Para requerer os serviços é necessário, apenas, baixar o aplicativo da empresa no smartphone e fazer um cadastro. Entretanto, há uma análise de crédito para averiguar a vida financeira do cliente.

O cadastro pode demorar para ser aprovado. O prazo varia entre horas e até três meses, dependendo da saúde financeira do candidato.

Atualmente, o Nubank é a maior fintech brasileira. “No Brasil, pagamos as tarifas e os juros mais altos do mundo pelos piores serviços bancários. Nós sabemos que tecnologia e design podem resolver esse problema”, informa o Nubank.

Compartilhe a sua opinião

Juliano Passaro
Juliano Passaro escreve sobre política, economia e negócios para o portal da Suno Research. Antes da Suno, trabalhou no Portal da Band. É formado em jornalismo pela Universidade Presbiteriana Mackenzie.