NotreDame (GNDI3) reabre hospital em razão do coronavírus

NotreDame (GNDI3) reabre hospital em razão do coronavírus
Notre Dame Intermédica (foto: divulgação)

A NotreDame Intermédica (GNDI3) informou, por meio de um comunicado ao mercado, que reabriu um hospital em São Bernardo do Campo, no ABC paulista, dedicado inteiramente ao combate ao novo coronavírus (Covid-19). A informação foi divulgada na última quinta-feira (25).

Segundo a NotreDame, dessa forma, foram adicionados 65 novos leitos de UTI e 63 novos leitos de internação hospitalar à sua rede de atendimento. Todo o complexo hospitalar será separado para pacientes com os sintomas da doença.

De acordo com a companhia, além de todos os novos leitos, o Hospital Intermédica ABC possui um aparato moderno, como um centro cirúrgico e equipamentos de tomografia, USG e RX. Além disso, infectologistas, radiologistas, cirurgiões, enfermeiros e todo o seu corpo clínico estará à disposição para atender os pacientes.

Ademais, a NotreDame também informou que está sendo introduzida a telemedicina, entre outras iniciativas, para ampliar o escopo de atendimento e satisfação dos clientes.

NotreDame anuncia distribuição de dividendos

A companhia informou, na última quarta-feira (25), por meio de um aviso a seus acionistas, que distribuirá R$ 100,6 milhões em dividendos aos seus investidores. O montante é equivalente a 25% do lucro líquido da empresa apurado no final de 2019.

Coronavírus e Mercado Financeiro | Saiba quais oportunidades você pode estar perdendo

No documento, a NotreDame afirma que a decisão de distribuir o dividendo mínimo obrigatório foi votada e aprovada em Assembleia Geral realizada em 21 de fevereiro deste ano. Portanto, cada papel da companhia corresponde a R$0,16672735.

Além disso, a companhia salientou que “reitera a informação de que os acionistas que farão jus a dividendo mínimo obrigatório serão aqueles registrados como tal na presente data, sendo que a partir de 26 de março de 2020 as ações da companhia passarão a ser negociadas ex-dividendos“.

Em 2019 a companhia apresentou uma alta no lucro de 26,85% em relação ao ano anterior. A receita líquida da NotreDame teve uma alta de 41,6% no período entre outubro e dezembro de 2019, chegando a R$ 2,3 bilhões. No acumulado do ano, entretanto, o valor somou R$ 8,4 bilhões, um crescimento de 37,1%.

Jader Lazarini

Compartilhe sua opinião