Negócios

NotreDame: Cade e ANS aprovam compra do Grupo São Lucas

0

O Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) e a Agência Nacional de Saúde (ANS) aprovaram, nesta sexta-feira (17), a aquisição do Grupo São Lucas pela NotreDame (GNDI3). A negociação foi autorizada sem restrições.

O valor da aquisição foi de R$ 312 milhões. O montante foi pago pela NotreDame à vista em outubro do ano passado, após o fechamento da compra.

“Com a conclusão da transação, a companhia passará a deter, de forma indireta, 100% do capital social da São Lucas Saúde e o controle das demais entidades do grupo São Lucas”, afirmou a empresa por meio de um fato relevante divulgado após o anúncio da compra.

De acordo com os analistas do Bradesco BBI, Fred Mendes e Flávia Mendes, a aquisição poderá trazer resultados positivos para o grupo. “Como a São Lucas opera com um MLR (taxa de sinistralidade) de 80%, vemos espaço para ganhos significativos de sinergia da NotreDame”, disseram os analistas.

Aquisição da Clinipam

A aquisição da São Lucas não é a primeira compra da NotreDame aprovada por órgãos reguladores nesta semana. Na última quarta-feira (15), o Cade e a ANS aprovaram a compra do Grupo Clinipam pela empresa por R$ 2,6 bilhões.

O grupo adquirido pela NotreDame é presente em Santa Catarina e no Paraná, possuindo 17 unidades de atendimento e nove filiais de laboratórios e é uma das maiores redes próprias de atendimento do Sul do País.

NotreDame aprovou recompra de ações

A NotreDame aprovou, na semana passada, um programa de recompra de até 3,4 milhões de ações da companhia.

Saiba mais: NotreDame Intermédica aprova recompra de 3,4 mi de ações

O programa de recompra de ativos da empresa de saúde deve ocorrer até o dia 8 de julho de 2020 e os papéis que foram comprados podem ser cancelados ou transferidos para a aquisição do Grupo Clinipam.

Ao todo, a NotreDame tem 458,4 milhões de ações em circulação e 308 mil em tesouraria, a recompra  de até 3,4 milhões representa 0,6% do capital social da companhia.

Telegram Suno

Compartilhe a sua opinião

Giovanna Oliveira
Giovanna Oliveira escreve sobre economia e política para o portal Suno Notícias. Antes, foi repórter do portal de jornalismo da ESPM-SP e produziu conteúdo para a Corinthians TV. É estudante da ESPM.